Início Turismo Cartórios desburocratizam procedimentos para intercâmbio

Cartórios desburocratizam procedimentos para intercâmbio

- continua após a publicidade -

Nos últimos anos, o interesse dos brasileiros pela graduação, pós-graduação e MBA no exterior está aumentando. É isso que aponta a Pesquisa Selo Belta 2018, que constatou um crescimento de 23% no mercado brasileiro de educação estrangeira no ano passado, alcançando a marca inédita de 302 mil estudantes.

De acordo com a análise, programas de mestrado e doutorado apareceram entre os 10 mais procurados, acompanhando o crescimento da demanda por cursos de graduação e certificados profissionais. E a facilidade em validar os documentos que serão utilizados no exterior ou autenticar diplomas e outros certificados internacionais diretamente em cartório ajudou nessa tendência.

Após a assinatura da Convenção da Apostila da Haia no Brasil, esses processos foram desburocratizados e tornaram-se mais rápidos com o auxílio dos cartórios, eliminando diversas etapas que eram feitas anteriormente – como a contratação de despachante e comparecer ao consulado, por exemplo.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

“A apostila garante a procedência de um documento para que ele possa ser aceito no exterior. Com esse serviço realizado em cartório, diminuímos a burocracia e agilizamos processos”, afirma Leonardo Munari, oficial do Cartório de Registro Civil da Vila Tibério, em Ribeirão Preto, uma das serventias do estado de São Paulo credenciadas para validar diplomas universitários e diversos documentos para quem quer estudar fora ou solicitar a dupla cidadania.

Com o procedimento de apostilamento feito em cartório, estudar fora se tornou um sonho mais prático para os estudantes brasileiros, mas não é somente isso. Quem está em busca de dupla cidadania também pode contar com a rapidez do ato para acelerar o procedimento.

Além dos diplomas universitários, diversos outros documentos podem ser legalizados, como certidões de nascimento, casamento e óbito, procurações, escrituras, reconhecimento de assinatura, entre outros.

São Paulo é o estado que realiza mais apostilamentos

Em um balanço divulgado em maio de 2018, a Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) revelou que quase dois milhões de documentos haviam sido apostilados pelos cartórios brasileiros até o momento. O estado de São Paulo é o que mais realiza o ato, sendo responsável por mais de 484 mil documentos desde a criação do mecanismo.

Apenas o Cartório de Registro Civil da Vila Tibério já realizou 1.185 apostilamentos desde abril de 2017. O procedimento é rápido e basta que o interessado leve o documento para análise e agende dia e horário da entrega. O prazo para conclusão do procedimento é de apenas cinco dias.

 

2º Cartório de Vila Tibério 

Fundado em 1º de setembro de 1950, o Cartório de Vila Tibério oferece todos os serviços pertinentes aos Cartórios de Registro Civil no Estado de São Paulo, como reconhecimento e autenticação de firma, procuração, averbação, nascimento, casamento, óbito, certificação digital, livros mercantis, entre outros. A serventia conta ainda com equipe especializada, infraestrutura moderna, agilidade, segurança e eficiência nos serviços prestados.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Anvisa aprova uso emergencial de vacinas contra covid

Dados da CoronaVac ainda precisam ser enviados para ANVISA. Duas vacinas foram aprovadas.

Governador João Dória pode ter cometido crime por uma foto.

O Governador de São Paulo, João Dória (PSDB), pode ter cometido um crime para literalmente aparecer "bem na foto".

Etanol e Diesel devem sofrer aumento de 3% em Ribeirão Preto.

O aumento de impostos imposto pelo Governador João Dória vai começar a prejudicar você muito rápido. Combustíveis começam a subir em Ribeirão Preto.

Sincovarp e CDL discoram do retrocesso de Ribeirão Preto para a fase Laranja do Plano SP

É preciso bom senso por parte do Governo de São Paulo quanto a redução no horário de atendimento.

João Dória não cumpre a palavra e aumenta o ICMS em São Paulo.

João Dória ri na cara da sociedade com mentiras e em nota a FIESP promete entrar na justiça contra o aumento de ICMS.