InícioTecnologiaO Google Promete Facilitar a Segmentação das Campanhas e Os Gestores de...

O Google Promete Facilitar a Segmentação das Campanhas e Os Gestores de Trafego Agradecem!

Segmentação Com Assertividade - Palavras Chaves de Frase

- continua após a publicidade -

A fim de fazer com que gerentes de marketing, gestores de anúncios e anunciantes, busquem meios de segmentar o seu público alvo com mais assertividade, a startup californiana Google, anunciou que a correspondência de palavras chaves ampla modificada, se tornará extinta, ficando em seu lugar a correspondência de palavras chaves de frase.

Mas Como Isso Funciona?

Na prática, o Google tem duas formas de ativar anúncios: por público alvo, que envolve dados demográficos, região e outros dados, e por palavras chaves, sendo esta última, a forma mais conhecida por usuários do Google Ads.

Sendo assim, quando digitamos +curso +de +google +ads, estamos utilizando palavra chave de correspondência ampla modificada, isso dá mais precisão no momento de ativar seu anúncio mais relevante, para o potencial cliente, pois cria-se uma regra onde, quando utiliza-se a ampla modificada, o anunciante basicamente está dizendo para o Google: esses termos precisam estar na busca do meu possível cliente.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Diferente da correspondência de frase, por exemplo: “curso de Google Ads”. Nesse caso o anunciante dita a regra da seguinte forma: essas palavras precisam ser exatamente nessa ordem no momento da busca.

O Google ainda não foi específico quanto a isso, mas no entendimento da comunidade, a plataforma irá fazer com que a correspondência de frase faça o trabalho de forma híbrida, correspondendo aos efeitos da ampla modificada, agora extinta, e da sua tradicional função.

O que muitos anunciantes estão se perguntando, é como se preparar para essa mudança que já começou e aos poucos a atualização está sendo implementada na plataforma.

Sendo assim, pegue papel e caneta e anote esses insights dados pelo Henrique Mendoza – Publicitário, Gestor de Marketing e Especialista em Tráfego Pago certificado pelo Google.

1-Nos últimos dias o Google tem induzido os anunciantes a olharem mais as recomendações de otimização das campanhas, isso é para retirar termos redundantes, ou, que façam mais sentido a intenção de compra do usuário que está pesquisando; dessa forma também diminuímos a quantidade de palavras chaves que precisam ser gerenciadas na campanha, otimizando o tempo do anunciante ou gestor de anúncios, e liberando tempo para testes e outras otimizações.

Isso tende também a afetar o orçamento, sobretudo para aquelas campanhas que dividem suas palavras chaves por correspondência a nível de grupo de anúncios ou campanha, exemplo: Grupo 1 [exata], Grupo 2 “correspondência de frase”, e assim por diante.

2- O Google também indica que caso perca a eficiência da campanha, provavelmente alguns mercados perderão sim performance. Então, o ideal é apostar em lances inteligentes caso sua conta ou campanha já possuam dados relevantes de conversão e de público alvo. Também é importante testar negativar palavras e pesquisas irrelevantes para reduzir o custo por clique, que tende a estar mais alto nesse período, dada a drástica mudança, mas lembre-se de dar lances mínimos nelas, pois campanhas que normalmente estão segmentadas para conversão, trabalham com palavras de correspondência exata.

O Grande Objetivo Do Google Ads

A plataforma vem se movendo para o sentido de que anunciantes não fiquem obsessivos por palavras chaves e sim, por relevância de públicos alvos, separando assim, os homens dos meninos nesse mundo, pois aqui a complexidade reina.

A startup precisa que anunciantes se concentrem em segmentar com orientação os temas e experiências do usuário. Esse é um dos maiores focos que faz com que a empresa se movimente rumo a essas “pequenas” mudanças, que impactam diariamente nossas vidas e negócios.

Previsões já conseguem imaginar um Google Ads sem a necessidade de segmentação por palavras chaves, embora no passado fosse praticamente impossível obter insights de audiência. O Google tem uma das melhores plataformas de gerenciadores de público alvo do mercado, pois ao contrário do Facebook, o Google te entrega essas informações, basta saber utilizá-las da melhor forma possível- conclui Henrique Mendonza, que segue otimista com a mudança e lança a questão final:

Você está preparado para essa mudança significativa?

CRÉDITOS:

Henrique Mendoza  é Publicitário, Gestor de Marketing e Especialista em Tráfego Pago certificado pelo Google, com grande experiência em otimização de campanhas para diversos tipos de mercados nacional e internacional.

https://henriquemendoza.com/

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

60 anos esperando titulo Comercial pode sair da fila

Com acesso garantido, Comercial busca 1º título de uma divisão de Paulista em 64 anos. O time terá força máxima no primeiro jogo da final, sábado às 19h, em Bauru

Iguatemi passa a integrar a maior iniciativa voluntária de sustentabilidade corporativa do mundo

A Iguatemi S.A, uma das maiores empresas full service no setor de shopping centers do país, acaba de ingressar no Pacto Global da ONU...

ACIS completa 53 anos de dedicação ao setor empresarial sertanezino; conheça a história da entidade

Fundada em 25 de maio de 1969, na época contou com a adesão de 70 associados. Os comerciantes locais sentiam dificuldades de se organizar para enfrentar determinados problemas

O bilionário Elon Musk chega hoje(20) ao Brasil para conversar com Bolsonaro

O homem mais rico do mundo visita o Brasil a convite do ministro Fábio Faria

Cinema do Shopping Iguatemi Ribeirão Preto exibe pré-estreia de Top Gun: Maverick

Maverick será lançado oficialmente no dia 26 de maio, entretanto, os fãs poderão se adiantar e aproveitar as sessões de pré-estreia, que acontecem de 21 a 25 de maio
- PUBLICIDADE -