InícioSaúdeVermífugo Annita reduz em 55% carga viral de paciente com covid-19

Vermífugo Annita reduz em 55% carga viral de paciente com covid-19

O estudo começou com 1.575 voluntários, em 7 cidades do país. Mas só 475 contraíram a covid-19, então os demais foram excluídos.

- continua após a publicidade -

A revista científica European Respiratory Journal publicou artigo científico com os resultados do estudo financiado pelo governo brasileiro sobre o uso do vermífugo nitazoxanida no combate ao coronavírus.

Eis a íntegra (em inglês).

O estudo começou com 1.575 voluntários, em 7 cidades do país. Mas só 475 contraíram a covid-19, então os demais foram excluídos.

Ao fim do estudo, os resultados consideraram 392 pacientes. As análises indicaram que a nitazoxanida (cujo nome comercial é Annita) é capaz de reduzir a carga viral em pacientes com até 3 dias de confirmação da doença no organismo. Para isso, deve ser administrado na dosagem de 500 mg, de 8 em 8 horas, durante 5 dias.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A carga viral dos 194 pacientes que se trataram com a nitazoxanida caiu 55% depois de 5 dias.

Entre os 198 voluntários que tomaram o placebo, a carga viral teve redução de 45% no mesmo período.

O vermífugo não levou à redução dos sintomas da covid-19.

Os pesquisadores, desse modo, concluem não haver evidências de que o medicamento seja uma terapia efetiva para pacientes com casos leves de covid-19.

O artigo foi enviado ao European Respiratory Journal em 5 de outubro. Foi aceito em 4 de dezembro e publicado em 24 de dezembro. É assinado por 29 pesquisadores, coordenados pela professora Patrícia Rocco, da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).

A publicação do estudo clínico é um presente de Natal da ciência brasileira para o mundo. É uma excelente notícia de fim de ano para começarmos 2021 com ainda mais determinação para enfrentar essa pandemia utilizando a única arma possível de derrotá-la: a ciência”, disse o ministro Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia e Inovações) ao site oficial da pasta.

Em outubro, o governo federal promoveu evento para divulgar os resultados desse estudo, mas não apresentou os dados.Usou um gráfico genérico, comprado em banco de imagens, para ilustrar a apresentação.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Colégio Metodista suspende atividades em Ribeirão Preto

Instituição contava com 122 anos de atuação na cidade encerra atividades por conta da situação financeira da instituição de ensino. A economia vemos depois.

O fundo do posso sem fundo: Fiocruz indica atenção com dengue

Períodos chuvosos atrelados ao calor são favoráveis à proliferação do Aedes aegypti, que é também transmissor do vírus da zika e chikungunya.

Mãe do presidente Jair Bolsonaro morre aos 94 anos

De Uma família humilde do interior de São Paulo, dona Olinda, partiu mas pode ver os feitos do filho. Nossos sentimentos ao @jairmessias.bolsonaro

Coronavac é liberada e SP confirma dose para crianças em até 3 semanas

Eles garantem que o medicamento é seguro, e casos de mortes não são relacionados com a picada salvadora. Se ele garante nós acreditamos na ciência.

Criança de 10 anos infartou depois da picada mas o motivo não foi a vacina

Prefeitura diz que criança teve parada cardíaca após vacina, mas estado rapidamente concluiu que criança tinha doença rara no coração que os pais não sabiam. E nós acreditamos no trancarua
- PUBLICIDADE -