Início Saúde Twitter censura página Médicos pela Liberdade, pró-tratamento precoce

Twitter censura página Médicos pela Liberdade, pró-tratamento precoce

- continua após a publicidade -

Na quinta-feira 11, a Médicos pela Liberdade, página em defesa do tratamento precoce contra a covid-19, foi censurada pelo Twitter.

Entre outras publicações, o perfil que somava 61 mil seguidores punha em xeque os supostos efeitos positivos das medidas de isolamento social. Além disso, apoiava medicamentos, como a hidroxicloroquina, a cloroquina e a ivermectina no enfrentamento ao vírus chinês.

Reportagem publicada trouxe depoimentos de pessoas que usaram os remédios e venceram o coronavírus. Especialistas ouvidos pela reportagem chancelaram a eficácia dessas drogas.

Os administradores da Médicos pela Liberdade informaram, pelo Instagram, que farão uma segunda conta para divulgar o trabalho taxado de fake news.

O grupo se autodenomina em prol “das liberdades individuais e contra o totalitarismo disfarçado de ciência”.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O ocorrido é mais um episódio das investidas das big techs contra páginas de orientação conservadora

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Entidade pede ao STF liberação de cocaína para combater Covid-19

Ivermectina, cloroquina são um perigo para a saúde, mas a cocaína é a salvação na pandemia.

Governador do Texas Anuncia Fim das Restrições e Abertura Total da Economia

O governador também anunciou o fim do uso obrigatório de máscaras no Texas.

Lira: acordo com governadores destina R$ 14,5 bi para saúde

Será criado grupo para acompanhar fabricação de vacina no Brasil

Conselho Federal de Medicina Pressiona Conselhos Regionais Que São Contrários aos Lockdowns

Um grupo de mais de trezentos médicos divulgou um manifesto afirmando que a direção do Conselho Federal de Medicina tem pressionado os conselhos regionais

Número de bilionários dispara na China durante a pandemia

Eles espalharam os pregos na estrada e vendem o remendo, o mundo agradece enquanto eles ficam mais poderosos.
- PUBLICIDADE -