InícioSaúdeTraumas vivenciados podem gerar acúmulo de gordura corporal

Traumas vivenciados podem gerar acúmulo de gordura corporal

A Anatomia Emocional é caracterizada pela relação entre o formato corporal que um indivíduo possui e sua história de vida.

- continua após a publicidade -

A anatomia emocional pode ajudar

A Anatomia Emocional é caracterizada pela relação entre o formato corporal que um indivíduo possui e sua história de vida. Muitos ainda acreditam que este formato é determinado pela genética, contudo, a partir de estudos aprofundados é possível perceber que as situações vividas impactam diretamente o delinear de um indivíduo.

Hoje, com a Anatomia Emocional, já se entende que as características de cada um partem da sua história, da sua forma de enxergar a vida e suas questões diárias. Padrões físicos familiares podem ser muito associados a padrões comportamentais familiares, em relação aos valores, princípios, crenças e comportamentos, sendo assim, uma mesma forma de enxergar a vida, acaba desenhando um mesmo formato corporal.

A Facilitadora de ConsCiência, Bianca Drabovski, apresenta “A gordura, por exemplo, pode ser analisada num contexto de tecido de proteção, tanto para agressões físicas ou psicológicas. Sentir-se desvalorizado aos olhos dos outros, faz com que a gordura se acumule no corpo. A parte do corpo aonde esse acúmulo ocorre me diz aonde aconteceu o trauma, ou o contexto do conflito que a pessoa viveu”.

Quando o indivíduo possui o acúmulo no braço, podemos investigar situações vividas num contexto de proteger a região dos braços, como por exemplo beliscões, tapas e apertões na região onde se localiza a gordura.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O acúmulo de gordura no abdômen pode indicar questões relacionadas ao “ninho”, pois o abdômen é nosso primeiro “ninho”. Isso pode trazer a informação de dificuldades de relacionamentos dentro do lar.

Estes são alguns exemplos, contudo não há uma “receita de bolo”. Na Anatomia Emocional o indivíduo é visto de maneira integral, onde todas as partes do corpo se relacionam, onde a gordura abdominal pode ter relação com uma hipercifose e com uma questão de fígado.

Para que estes truamas sejam resolvidos a própria Anatomia Emocional utiliza-se de recursos como posicionamentos corporais, e também exercícios para auxiliar nesta reprogramação do corpo.

Serviço: Bianca Drabovski Chemin

Facilitadora de Consciência, Terapeuta, Saúde integrativa

Facebook: https://www.facebook.com/bianca.bioterapeuta

Instagram: https://www.instagram.com/bianca.bioterapeuta/

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCQOsEgQOpzdoCLuqPhXzCog

Whatsapp: 41.98896.1704

E-mail: bianca.bioterapeuta@gmail.com

arquivo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

STF julga liberação de crininosas para prender manifestantes de 8 de janeiro

Vão soltar criminosas para sobrar lugar para prender senhoras que se manifestavam dentro da constituição e acreditaram em um capitão e alguns generais

As críticas do New York Times a Moraes

O jornal norte-americano New York Times voltou a falar sobre o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Uma reportagem publicada neste domingo, 22,...

5 depredações da esquerda contra o patrimônio público

“Nunca vocês leram alguma notícia sobre um movimento ou partido de esquerda invadir o Congresso Nacional, a Suprema Corte ou o Palácio do Planalto”,...

Valor bloqueado de manifestantes sobe para R$ 18,5 milhões

A Justiça Federal autorizou hoje (21) novos bloqueios de bens de suspeitos de financiar os atos que resultaram na depredação dos prédios dos Três Poderes...

José Dirceu propõe reestruturar papel dos militares no Brasil

Militares precisam voltar para os quartéis e sair de órgãos do governo, sugere. José Dirceu de Oliveira e Silva, ex-ministro da Casa Civil de Lula,...
- PUBLICIDADE -