Início Saúde Ribeirão Preto terá programação especial para o McDia Feliz 2017

Ribeirão Preto terá programação especial para o McDia Feliz 2017

- continua após a publicidade -

Um dos grandes destaques da edição 2017 do McDia Feliz, campanha coordenada nacionalmente pelo Instituto Ronald McDonald, é a programação para os restaurantes participantes da campanha, durante todo o dia 26 de agosto. Para comemorar esta data, o McDonald’s do Novo Shopping de Ribeirão Preto, juntamente com o GACC, realizará uma apresentação com um coral convidado, às 10h.  Em Ribeirão Preto, o Grupo de Apoio à Criança com Câncer será beneficiado com a arrecadação da campanha.

Confira:

Abertura McDia Feliz
10h – Abertura do McDia Feliz no Novo Shopping com apresentação de Coral
Endereço: Avenida Presidente Kennedy. 1.500 – Ribeirânia – Restaurante Praça de Alimentação.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Sobre o McDia Feliz

O McDia Feliz é uma campanha coordenada nacionalmente pelo Instituto Ronald McDonald. Atualmente, é a maior mobilização no Brasil em prol da cura do câncer infantojuvenil. A campanha é um sucesso graças à participação fundamental de instituições, funcionários, franqueados e fornecedores, além da mobilização de milhares de voluntários que incentivam a sociedade a abraçar a causa em prol de adolescentes e crianças com câncer. O McDia Feliz tem o intuito de despertar a atenção de toda a sociedade e sensibilizá-la para a maior causa de morte por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos. Este ano, o McDia Feliz vai acontecer no dia 26 de agosto. Todos os recursos arrecadados com a venda do Big Mac serão revertidos para as instituições participantes em todo o Brasil. Desde 1988, cerca de R$ 230 milhões foram arrecadados por meio do McDia Feliz, e destinados para instituições de apoio que lutam pela cura do câncer infantojuvenil. Mais informações em www.mcdiafeliz.org.br.

Sobre o Instituto Ronald McDonald

O Instituto Ronald McDonald é uma organização sem fins lucrativos em atuação há 18 anos, cuja missão é promover a saúde e a qualidade de vida de adolescentes e crianças com câncer. Para aproximar as famílias da cura do câncer infantojuvenil, o Instituto desenvolve e coordena programas – Diagnóstico Precoce, Atenção Integral, Espaço da Família Ronald McDonald e Casa Ronald McDonald – que possibilitam o diagnóstico precoce, encaminhamento adequado e atendimento integral e de qualidade para os jovens pacientes e seus familiares. Durante esse tempo de atuação, os dados do câncer mostram um cenário mais animador. Há 30 anos as chances de cura eram de 15%. Hoje, podem chegar a 80%, se a doença for diagnosticada precocemente e tratada de maneira adequada em centros de referência. Desde 1999, mais de R$ 330 milhões foram arrecadados por meio de campanhas e eventos como o McDia Feliz, os Cofrinhos, o Invitational Golf Cup e o Jantar de Gala, destinados para 116 instituições em todo o Brasil, entre hospitais e instituições de apoio que lutam pela cura do câncer infantojuvenil. Cerca de 3 milhões de crianças, adolescentes e seus familiares já foram beneficiados nestes 18 anos de trabalho do Instituto Ronald McDonald. Saiba mais sobre as fontes de arrecadação, os programas e as instituições beneficiadas em www.institutoronald.org.br.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Paralisação obriga produtores de leite descartarem 15 mil litros por dia

A maioria dos moradores daqui vive disso, é a manutenção da família, de todas as suas despesas, são 2.200 produtores

Coronavírus: Desemprego será de 6,5 milhões de trabalhadores com prejuízo de mais de R$ 320 bilhões

O estudo mostra ainda que, com menos produção e emprego, a covid-19 pode reduzir a arrecadação federal em quase R$ 125 bilhões neste ano.

Coronavírus: MG tem 41 casos ou zero? O esquema da Pandemia

Laudos forçados por todo pais. Funerária em BH recebeu 41 cadáveres em 48 horas, apesar de o governo ainda não ter confirmado nenhuma morte

Coronavírus: Um mês desde primeira detecção, São Paulo tem 84 mortes e 1.406 casos

São Paulo segue sendo Estado mais atingido pelo Coronavírus e ministério informa que em Abril os números serão altos

Motoristas de app ficam horas nas ruas e não carregam ninguém

Boa parte destes motoristas trabalham com veículos alugados, veem esvaziamentos das ruas prejudicar seus rendimentos.
- PUBLICIDADE -