InícioSaúdePresidente da Sinovac admite já ter pago propina para acelerar aprovação de...

Presidente da Sinovac admite já ter pago propina para acelerar aprovação de vacinas

A companhia biofarmacêutica chinesa é a parceira do Instituto Butantã no desenvolvimento e fabricação da vacina Coronavac

- continua após a publicidade -

O presidente do laboratório chinês Sinovac, Weidong Yin, admitiu para a justiça, em 2016, que pagou propina a um ex-oficial da agência regulatória de medicamentos da China, para acelerar a aprovação de vacinas da empresa junto ao órgão governamental do País.

O caso teria ocorrido entre 2002 e 2011, de acordo com informações do jornal americano Washington Post, que teve acesso a documentos dos tribunais chineses.

Na ocasião, Yin teria desembolsado US$ 83 mil no período do registro de vacinas como a da gripe H1N1 e a de hepatite.

O caso foi arquivado sem punição para o empresário.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Também não há evidências de que qualquer uma das vacinas aprovadas apresentaram problemas.

A companhia biofarmacêutica chinesa é a parceira do Instituto Butantã no desenvolvimento e fabricação da vacina Coronavac, que será distribuída em São Paulo.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Prefeitura inaugura duas novas escolas de educação infantil

Uma Unidade conta com 319 vagas, sendo 135 para crianças e outra para receber 420 alunos

João Rock anuncia 19ª edição para 11 de junho de 2022

Evento apresentará line-up e iniciará pré-venda de ingressos no dia 26 de outubro

Prainha de Rifaina reabre dia 03 de Novembro

Fechada desde março de 2020, afetou o turismo e comercio, obrigando muitos fecharem em definitivo.

Bolsonaro cria auxílio gás para famílias carentes

Saiba quem tem direito ao beneficio e como solicitar.

Como sempre turminha do PT usam retorica e chama vereadores de ‘machista, racista e elitista’

Por ser mulher e do PT a vereadora exige que seus projetos caminhem mais rápido do que os demais. Com salario e mordomia que recebe ela não faz parte da elite?
- PUBLICIDADE -