InícioSaúdeOutubro Rosa: mesmo durante pandemia, exames preventivos, como a mamografia, devem ser...

Outubro Rosa: mesmo durante pandemia, exames preventivos, como a mamografia, devem ser realizados

Em Ribeirão Preto, houve queda no número de mamografias realizadas pelo SUS; Especialista alerta para a realização do exame

- continua após a publicidade -

A cor rosa toma conta do mês de outubro no mundo todo. O movimento destaca a importância do diagnóstico precoce e da prevenção do câncer de mama, que é o mais incidente em mulheres no Brasil, depois do câncer de pele não-melanoma.

E neste ano a mensagem é ainda mais importante pois o câncer não pode esperar.

Segundo dados da Secretaria da Saúde de Ribeirão Preto, entre os meses de janeiro e setembro de 2020 foram realizadas 4.544 mamografias. Comparado com o mesmo período do ano passado, em que o número foi de 8.999 exames – houve uma queda de 50% na realização do exame. Já no ano de 2019 todo, foram realizados 14.064 mamografias na cidade.

“Na situação atual, existe sim um certo receio de procurar o médico e realizar exames, mas precisamos ter consciência que as outras doenças, como o câncer, não vão esperar a pandemia acabar. É necessário estar atento aos sinais, realizar os exames e caso precise, consultar um especialista para avaliação. Por isso, neste ano, a Campanha Outubro Rosa é ainda mais importante. O diagnóstico precoce pode salvar vidas”, afirma Diocésio Andrade que é oncologista e diretor técnico do InORP Oncoclínicas.

Ainda de acordo com a Secretaria da Saúde da cidade, até o mês de setembro, 297 novos casos de câncer de mama foram diagnosticados na cidade.

Dados do INCA apontam que para o triênio (2020-2022) no Brasil serão 66.280 novos casos novos diagnosticados ao ano.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Diagnóstico precoce

O câncer de mama, assim como outros tipos de câncer, se descoberto em seu estágio inicial, tem mais chances de tratamento e de cura. No caso das mamas, o autoexame, aquele feito em casa pela própria mulher, não anula o acompanhamento periódico por um especialista e a realização da mamografia, ressalta Diocésio.

“Toda mulher deve conhecer seu corpo e estar ligada aos sinais que possam surgir como nódulos geralmente indolores na mama ou axila, pele avermelhada ou retraída, alterações no mamilo e saída espontânea de liquido anormal. Mas só o autoexame não é o suficiente.

arquivo pessoal

A mamografia é o único método de diagnóstico que demonstrou eficácia na detecção precoce do câncer de mama e deve ser realizada por todas as mulheres, a partir dos 40 anos, uma vez ao ano, por tempo indeterminado. No caso de pacientes do SUS, a normativa é a cada 2 anos entre os 50 e 69 anos.

Para as mulheres com histórico familiar da neoplasia, o exame é indicado antes mesmo dos 40 anos, porém com uma acurácia menor devido a densidade das mamas nesta faixa etária”,

explica o médico.

O exame consiste em um raio-X no qual a mama é comprimida e permite que sejam identificados desde microcalcificações agrupadas até nódulos espiculados infracentimétricos confirmando lesões iniciais. Após constatada qualquer alteração, o especialista avalia e indica o melhor tratamento para cada caso.

“As chances de cura no caso das mamas pode chegar em até 90% quando o tumor é descoberto no início. Os tratamentos disponíveis hoje são menos invasivos, o que melhora em muito a qualidade de vida e a retomada dessa mulher à sua vida normal”, acrescenta.

arquivo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -