Início Saúde Outono exige cuidados com a saúde do corpo e da pele

Outono exige cuidados com a saúde do corpo e da pele

- continua após a publicidade -

Redução gradativa da temperatura, menor umidade do ar e noites mais longas. Essas são as principais características que acompanham o outono, estação que se prolonga até o mês de junho. As mudanças climáticas costumam propiciar o aparecimento de doenças sazonais e entre as mais comuns estão as respiratórias.

 

Renata Ferraz, docente da área de saúde e bem-estar do Senac Ribeirão Preto, menciona alguns cuidados que podem ser tomados para diminuir o impacto da estação:

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

 

Mantenha sempre o corpo hidratado, pois, com o clima seco, o consumo de líquidos é fundamental. O ideal é beber, pelo menos, dois litros de água por dia. E não se engane, a queda de temperatura reduz a sede e proporciona a falsa impressão de hidratação.

 

Evite lugares muito fechados ou aglomerações de pessoas. Essas situações criam ambientes favoráveis para a disseminação de doenças virais.

 

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Mantenha a vacinação em dia. Nada de deixar para depois ou achar que a imunização não é necessária.

 

Cubra a boca com um lenço quando tossir ou espirrar, evitando contato com as mãos.

 

Higienize as mãos com frequência. Dessa forma, evitará o acumulo de microrganismos. Quando possível, leve consigo um frasco pequeno de álcool 70% em gel.

 

Alimente-se de maneira balanceada, tentando ingerir o máximo de alimentos que possam fortalecer o sistema imunológico.

 

Pele e cabelo também pedem cuidados!

 

A mudança de estação ainda traz prejuízos para a pele. O ar seco e as alterações na produção do suor e da oleosidade propiciam o ressecamento da epiderme. Ariane Costa, docente da área de estética e beleza do Senac, explica que há muitas doenças ocasionadas pela alteração climática e que merecem atenção especial. “As dermatites, que podem causar coceiras, vermelhidão, espessamento e descamação da pele em várias regiões do corpo, estão entre as enfermidades que assombram as pessoas de todas as idades”, aponta.

 

Além disso, a especialista diz que a psoríase, doença não contagiosa, de origem desconhecida, mas que se acredita que seja desencadeada por fatores emocionais, e a rosácea, inflamação vascular crônica da pele, tendem a agravar-se no outono e inverno. “A rosácea atinge principalmente adultos. Nota-se o aparecimento de vasinhos na pele, eritema, pápulas e pústulas, fazendo com que, erroneamente, se confundam com a acne”, afirma Ariane.

 

Então, para quem deseja passar pelo outono sem levar lembranças na aparência, a docente também preparou algumas dicas:

 

Evite banhos muito quentes, pois desidratam a pele e o cabelo.

 

Cuidado com o excesso de sabão e esfoliação da pele durante a estação, pois removem a hidratação natural da derme.

 

– Após o banho, utilize hidratante específico para o rosto e outro para o corpo. Afinal, cada área exige um cuidado diferente.

 

Não esqueça dos lábios, eles também sofrem rachaduras e precisam de cuidados. Manteiga de cacau é sempre uma boa pedida para mantê-los saudáveis.

 

Hidrate as cutículas após lavar as mãos ou depois de períodos longos de contato com a água. O ideal é evitar retirá-las, pois são a proteção das unhas.

 

Serviço:

 

Local: Senac Ribeirão Preto
Endereço: Av. Capitão Salomão, 2133, Jardim Mosteiro – Ribeirão Preto/SP
Mais informações: www.sp.senac.br/ribeiraopreto

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Restaurantes abrem novos postos de trabalho em Ribeirão Preto

No Shopping Iguatemi Ribeirão Preto as novas unidades do Outback Steakhouse e Paris 6 e ainda Coco Bambu - já instalado no empreendimento - estão com processos seletivos abertos

Em meio à pandemia, startup de Ribeirão Preto ganha mercado na América Latina

Plataforma de gestão de despesas corporativas VExpenses cresceu 50% entre os meses de abril e setembro; a estimativa é que o faturamento cresça mais 30% até dezembro

Quem esta mentindo, Doria ou Pazuello? Ministério da Saúde nega compra da Coronavac

“Não houve nenhum compromisso com o governo do Estado de São Paulo no sentido de aquisição de vacinas contra covid-19”, informou a pasta

Medico voluntario da vacinação contra Covid morre no RJ

Médico de 28 anos teve complicações da covid-19 e morreu. Anvisa já repassou informação aos responsáveis pelo estudo

Homem que se declarar mulher terá o direito de ficar em presídio feminino

O detento pode escolher onde ficará preso, conforme seu gênero declarado, e não precisará dar nenhuma prova, basta sua declaração.