InícioSaúdeNovo lockdown inclui supermercados e transporte coletivo

Novo lockdown inclui supermercados e transporte coletivo

Até Segunda-feira, dia 31 tudo estará fechado, mas o periodo pode ser prorrogado. Até Julho a população deverá se preparar para o desemprego e falências em massa.

- continua após a publicidade -

Ribeirão Preto irá a adotar, a partir da próxima quinta-feira, 27 de maio, até a segunda-feira, dia 31, a fase emergencial restritiva com o fechamento de escolas públicas e privadas, suspensão do transporte público, fechamento shoppings centers, comércio em geral, salões de beleza, academias, parques, restaurantes e supermercados.

Segmentos alimentícios deverão trabalhar em sistema de delivery e drive-thru.

Cultos religiosos também estão proibidos durante o período determinado, além de eventos esportivos. A permanência de pessoas em espaços públicos, entre outros locais também será proibida durante os cinco dias estipulados pelo poder executivo.

A restrição de circulação de pessoas será das 21h às 5h.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O anúncio foi feito nesta segunda-feira, dia 24 de maio pelo prefeito Duarte Nogueira durante coletiva à imprensa, convocada no Palácio Rio Branco, com a presença do secretário municipal da Saúde e coordenador do Comitê de Contingenciamento da Covid-19 na cidade, Sandro Scarpelini e do secretário de Governo, Antônio Daas Abboud.

“Eu já havia anunciado que tomaríamos medidas mais drásticas, caso os índices colocassem em risco a possibilidade de qualquer pessoa ficar sem leito de UTI, sem respirador, sem oxigênio. Portanto, administramos durante todo o tempo os indicadores do comportamento da doença na cidade, as taxas de ocupação, taxas de internação, mortes. São medidas necessárias para salvaguardar a saúde das pessoas da nossa cidade. Não podemos deixar ninguém sem assistência,” disse o prefeito.

Será permitido o funcionamento de serviços de assistência à saúde, assistência à saúde animal, assistências sociais e serviços de transporte por aplicativo e taxi.  Serviços de transporte urbano serão suspensos do dia 27 a 31 de maio.

O secretário da Saúde, Sandro Scarpelini, explicou que o acompanhamento diário da doença no município, aponta para a queda dos números e defendeu a vacinação da população com rapidez.

“Os óbitos estão caindo, as internações também, porque a vacinação está funcionando nas faixas etárias que já vacinamos. É fundamental que consigamos complementar as vacinações, a única saída e precisa ser feita o mais depressa possível”.

Na próxima terça-feira, dia 28 de maio, o Comitê se reunirá novamente para definir como ficarão as regras restritivas na cidade a partir da segunda-feira, 31 de maio.

arquivo

O que vai PODER funcionar

  • Assistência em saúde (serviços médicos, laboratoriais, farmácias e hospitais)
  • Veterinário, apenas com urgência;
  • Assistência social e atendimento à população vulnerável;
  • Defesa civil;
  • Indústrias;
  • Construção civil;
  • Posto de combustível;
  • Agências bancárias;
  • Transporte de aplicativo e táxi;
  • Locação de veículos;
  • Telecomunicações e internet;
  • Serviço de radiodifusão de sons e imagens;
  • Serviços funerários;
  • Toque de recolher das 21h às 5h.
foto internet

O que NÃO VAI PODER funcionar

  • Transporte público;
  • Escolas, universidades e cursos técnicos;
  • Missas e cultos presenciais; igrejas ficam abertas para orações individuais;
  • Reunião de pessoas ao ar livre;
  • Salão de beleza, estética e barbearias;
  • Escritórios, exceto os de contabilidade por conta dos prazos das declarações de Imposto de Renda; podem funcionar com 60% da capacidade;
  • Pet shops;
  • Academia;
  • Eventos esportivos;
  • Shopping e galerias;
  • Comercio em geral e de materiais de construção civil;
  • Parques;
  • Oficinas mecânicas;
  • Estacionamentos;
  • Restaurantes e bares com clientes internamente; autorizado apenas delivery até 23h;
  • Supermercados e hipermercados com clientes internamente; autorizado apenas delivery e drive-thru, desde que haja espaço adequado e com segurança sanitária, sem que a pessoa desça do carro;
  • Mercados, mercearias, padarias, casa de bolo, lojas de conveniência e bombonieres com clientes internamente; autorizado apenas por delivery até 23h;
  • Demais serviços que não estão na lista dos permitidos pela Prefeitura.

Como ficam os empresários que estão com estoques de alimentos perecíveis?
Com ajuda a uma parcela de apadrinhados com valor de 200,00 o prefeito e vereadores, acreditam que já resolveram o problema da cidade, que é centro de uma região com mais de 3 milhões de habitantes.

O dinheiro enviado pelo governo federal foi utilizado para varias finalidades, menos para o combate a Covid, que erá seu destino quando disponibilizado.

A realidade é dura.

Em breve estaremos entrando na terceira onda, e fechamentos como este, será mais constante, e aqueles que precisam comprar seu alimento para o final do dia ter algo na mesa, não terá o que comer.
A grande maioria, não tem estoque de alimentos e o ganho do dia é para alimentação de sua família.

A saúde é importante, mas o medicamento oferecido esta matando mais do que a própria pandemia.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Aquário Municipal é reaberto para visitação em Ribeirão Preto

Para a reabertura, além de nova decoração externa, foi feita a substituição da iluminação interna

Ribeirão Preto terá Centro de Saúde Mental com atendimento 24 horas

Projeto foi apresentado e aprovado pelo Conselho Municipal de Saúde; serviço será implantado no prédio da UBDS Central

Olimpíada: em treze dias, Brasil soma 15 medalhas, sendo 4 de ouro

Com Ana Marcela, Brasil bate recorde de mulheres medalhistas, e provavel que Brasil bata recorde de medalhas em todas participações.

Buraco, vazamento de esgoto e pedidos de roçada figuram entre principais reclamações de munícipes

Fica evidente a quantidade de problemas a resolver em Ribeirão Preto e a grande expectativa do cidadão em obter resposta e solução para suas demandas"

Serrana: 100% vacinada em adultos suspende aulas por contaminação de crianças

Os casos positivos são de crianças e adolescentes que foram infectados fora do ambiente escolar.
- PUBLICIDADE -