InícioSaúdeMorre Paulinho, vocalista do Roupa Nova

Morre Paulinho, vocalista do Roupa Nova

Ele tinha 68 anos e estava internado na UTI de um hospital no Rio de Janeiro

- continua após a publicidade -

Morreu na noite desta segunda-feira, dia 14, o cantor Paulo César Santos, conhecido como Paulinho, vocalista do grupo Roupa Nova. Ele tinha 68 anos e estava internado na UTI de um hospital no Rio de Janeiro, onde lutava contra complicações ocasionadas pela Covid-19.

Segundo informações, ele já não estava mais infectado com o vírus, entretanto, seu quadro teve uma piora em decorrência do coronavírus.

Paulinho se recuperava de um transplante de medula óssea realizado em setembro para tratar um linfoma.

Ele deixa dois filhos, o baterista Pepê e a cantora Twigg.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Hoje à tarde, por meio de sua página no Facebook, a banda escreveu um comunicado sobre o estado de saúde de Paulinho:

“Boa tarde pessoal, recebemos novas notícias do nosso querido Paulinho e viemos compartilhar com vocês. Ele segue hospitalizado na UTI (não COVID), agora em estado delicado e precisando de cuidados mais específicos. Vamos continuar orando e mandando pensamentos positivos. Obrigado a todos por tanto carinho”.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Colégio Metodista suspende atividades em Ribeirão Preto

Instituição contava com 122 anos de atuação na cidade encerra atividades por conta da situação financeira da instituição de ensino. A economia vemos depois.

O fundo do posso sem fundo: Fiocruz indica atenção com dengue

Períodos chuvosos atrelados ao calor são favoráveis à proliferação do Aedes aegypti, que é também transmissor do vírus da zika e chikungunya.

Mãe do presidente Jair Bolsonaro morre aos 94 anos

De Uma família humilde do interior de São Paulo, dona Olinda, partiu mas pode ver os feitos do filho. Nossos sentimentos ao @jairmessias.bolsonaro

Coronavac é liberada e SP confirma dose para crianças em até 3 semanas

Eles garantem que o medicamento é seguro, e casos de mortes não são relacionados com a picada salvadora. Se ele garante nós acreditamos na ciência.

Criança de 10 anos infartou depois da picada mas o motivo não foi a vacina

Prefeitura diz que criança teve parada cardíaca após vacina, mas estado rapidamente concluiu que criança tinha doença rara no coração que os pais não sabiam. E nós acreditamos no trancarua
- PUBLICIDADE -