Início Saúde Itália tem recorde de pacientes curados do coronavírus em um dia

Itália tem recorde de pacientes curados do coronavírus em um dia

Este tipo de noticia não da like nem compartilhamento, portanto você dificilmente encontra, O pais já prepara o desconfinamento.,

- continua após a publicidade -

Ao anunciar a cura de mais de 2.500 contaminados pelo coronavírus em apenas um dia, o chefe da Proteção Civil da Itália, Angelo Borrelli, não escondeu sua satisfação.

O país mais castigado pelo coronavírus na Europa observa a quantidade de pacientes diminuir nas UTIs há um mês, o que pode ser um indício do fim da fase mais mortal da epidemia.

“Em 3 de abril tínhamos 4.068 pacientes nas UTIs, hoje temos um pouco mais de 2.800”, um número inédito desde 20 de março, afirma Franco Locatelli, presidente do Conselho Superior da Saúde da Itália. Segundo ele, “a pressão nos hospitais foi claramente aliviada” nos últimos dias.

Na sexta-feira (17), as autoridades anunciaram 575 mortos em 24 horas, aumentando o balanço para 23 mil óbitos desde o início da epidemia.

Mas outros dados despertam otimismo no país, como a estabilização da quantidade de doentes. Em Nápoles, Bolonha, Veneza, Florença e Roma, o número de contaminados nos hospitais vem baixando a cada dia.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Além disso, em mais de 65 mil testes realizados em um dia, um recorde no país apenas 5% acusaram positivo ao coronavírus.

Para Locatelli, essa é uma prova “da eficácia das medidas de confinamento tomadas para barrar o contágio”.

arquivo

“Tudo isso nos ajuda a tomar consciência do grande trabalho realizado nos hospitais e da colaboração dos cidadãos”, reitera o presidente do Conselho Superior da Saúde da Itália.

Preparação para o desconfinamento

Com a redução da quantidade de doentes, a Itália está ansiosa pela saída do confinamento.

“Estamos nos preparando para reabrir em 4 de maio”, afirma Atilio Fontana, governador da Lombardia, a região da Itália mais castigada pelo coronavírus, com 12 mil mortos.

Em vigor desde 9 de março, as medidas restritas de confinamento estão em vigor até 3 de maio. Mas o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, sofre uma forte pressão do empresariado pela reabertura de lojas e comércios.

A ideia é apoiada por alguns membros do governo, como a ministra da Família, Elena Bonetti.

arquivo

“Algo precisa mudar nas duas próximas semanas para as crianças. Nossas crianças têm o direito de brincar!”, afirmou durante a semana.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Já as autoridades do sul do país, menos atingido pelo coronavírus, temem uma volta à normalidade prematura. Vicenzo De Luca, governador da região de Campânia, no sudoeste, afirma que se o fim do confinamento atingir toda a população, ele pode decretar a proibição da entrada de italianos do norte.

Sinal de que a vitória contra o coronavírus ainda está longe, comboios militares transportaram na sexta-feira dezenas de corpos de Bergamo a Novara, no norte do país, onde as funerárias não conseguem mais atender a demanda devido à alta quantidade de óbitos.

foto arquivo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Plano de governo do PSL – Somos todos Bolsonaro

Quando você vota em um candidato, você assina uma procuração para administrar sua rua, seu bairro, portanto pense bem em que modelo de gestão você se interessa.

Eleições 2020: 67 congressistas irão disputar um novo cargo

A cidade de São Paulo é a capital que reúne a maior quantidade de parlamentares na corrida eleitoral

298 candidatos são flagrados recebendo auxílio emergencial

vice-prefeito e prefeito estão recebendo o auxílio emergencial, embora tenham patrimônio acima de R$ 1 milhão. E você ai dizendo que não vota e não se sente culpado(a)

Yom Kipur: Inicia o ano 5781. Você conhece o significado?

Que você seja achado no livro da vida. É um dia marcado por jejum, preces e arrependimento onde o destino de cada judeu é selado. Pedindo perdão ao próximo e a Deus.

Doria retira incentivos fiscais de 70 itens – preços devem aumentar

Na busca pelo aumento da arrecadação depois do #fiqueemcasa, Doria anunciou aumento de impostos que vão entre medicamentos até instituições como APAE e Hemocentro, passando por alimento entre outras areas