Início Saúde Hospital de Campanha será fechado na próxima segunda-feira

Hospital de Campanha será fechado na próxima segunda-feira

Prefeitura atribui encerramento do hospital à queda nos índices de ocupação de leitos destinados ao tratamento de Covid-19. Hospital custou R$ 23 milhões.

- continua após a publicidade -

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou que o Hospital de Campanha do Pacaembu, criado para atender vítimas do novo coronavírus, será fechado na próxima segunda-feira (30).

Menos de 90 dias aberto

O hospital começou a receber pacientes em 6 de abril e custou cerca de R$ 23 milhões. O anúncio foi feito em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes nesta sexta-feira (26).

O contrato firmado com o Albert Einstein para a administração do hospital instalado dentro do estádio foi firmado em abril com duração de 120 dias, o que permitiria o funcionamento do hospital até o final de julho

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Nos últimos dias, a ocupação do hospital estava em cerca de 15%.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Do real para o virtual: atividades do Museu Casa de Portinari encantam o público pelas redes sociais

Mesmo com a flexibilização da visita presencial, a programação continuou on-line com sucesso de público.

130 milhões podem receber vacina de Oxford em 2021

A Fiocruz deve protocolar o último bloco de documentos em janeiro do ano que vem, quando também deve começar a produzir a vacina

Professor da Cava do Bosque é preso por pedofilia em Ribeirão Preto

O homem foi preso em flagrante e prestou depoimento. Logo depois, foi encaminhado à cadeia de Serra Azul.

Prefeitura recorre de decisão judicial contra maior flexibilização em Ribeirão Preto

Mas até o julgamento do recurso, a cidade se mantém na fase amarela. Eles fazem que nos enganam e nós fazemos que acreditamos

Filho de Kátia Abreu, senador é acusado de estupro em SP

Seu Irajá é filho da Kátia Abreu. E agora militância lacradora, o que vão vão fazer com esta atitude "errática" ?