Início Saúde Governo de SP anuncia a implantação de 11 hospitais de campanha em...

Governo de SP anuncia a implantação de 11 hospitais de campanha em todo o Estado

Ribeirão Preto esta fora dos planos do governo que implantou hospitais em Campinas, Franca, Bebedouro e Barretos, entre outras cidade do interior

- continua após a publicidade -

280 leitos serão ativados em nove AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades), em uma unidade da Rede Lucy Montoro e em uma unidade hospitalar

O Governador João Doria anunciou nesta segunda-feira (8) a implantação, entre 20 e 31 de março, de 11 hospitais de campanha em diferentes regiões do Estado. Com a expansão, o Estado de São Paulo passará a ter 15 hospitais de campanha.


No total serão abertos 140 novos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 140 de enfermaria nos serviços ambulatoriais que passarão por adequações para abrigar os pacientes com quadros graves provocados pelo novo coronavírus.

arquivo


“Esse conjunto de medidas vai reforçar o sistema de saúde e garantir o atendimento a todos. São medidas necessárias enquanto não temos a quantidade de vacinas necessárias para imunizar todos os brasileiros”, disse o Governador João Doria.


A medida mobiliza nove AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades), uma unidade da Rede Lucy Montoro e uma unidade hospitalar.

arquivo


“Na semana passada, tivemos o prazer de anunciar 500 leitos a mais no Estado de São Paulo, que serão implantados até o final de março. Estamos ampliando o número de hospitais de atendimento, frente à condição clínica grave que a pandemia se manifesta. Serão mais 280 leitos para atender essa crescente demanda”, explicou o Secretário da Saúde do Estado, Jean Gorinchteyn.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -


O Hospital de Campanha da Zona Norte contará com prédio reservado exclusivamente para COVID-19, com a absorção dos pacientes urológicos do hospital São José pelo Hospital Geral da Vila Nova Cachoeirinha. A Grande São Paulo contará ainda com leitos de UTI e enfermaria no AME de Santo André.


No litoral, processo similar acontecerá com o AME de Santos.

No interior, passarão a acolher pacientes os AMEs de Botucatu, Tupã, Ourinhos, Itapetininga, Barretos, Campinas e Andradina, além da Unidade Lucy Montoro de Fernandópolis.


Os outros quatro hospitais de campanha previamente instalados pelo Governo de São Paulo somam mais 65 leitos de enfermaria e 59 de UTI. Incluem o de Heliópolis, reativado em fevereiro no AME Barradas; o do AME de Franca; e os hospitais de campanha de Bebedouro e de Bauru, no prédio da USP.

divulgação


O Secretário da Saúde lembrou que o Estado tem 8.427 pacientes internados em leitos de UTI. “A taxa de ocupação de leitos de UTI chega a 80%, e temos que lembrar que, no dia 22 de fevereiro, o Estado de São Paulo tinha 66% de taxa de ocupação. A Grande São Paulo está com 81,2% de taxa de ocupação, quando no dia 22, há duas semanas, tínhamos 68,8%”, destacou.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

COVID-19 leva a escalada de mortes e colapso de hospitais no Peru

Uma onda brutal da doença atingiu o país nas últimas semanas, resultando em hospitais superlotados, enquanto o acesso à vacinação continua sendo um grande desafio

Prefeito Greca sofre derrame mas não tem nada com a coronavac

Este é o que criou projeto de lei para multar quem distribuir comida a sem-teto sem autorização em Curitiba. Esperamos que ele esteja se alimentando no Hopital.

Anvisa autoriza uso emergencial de coquetel contra a covid-19

estes medicamentos apresentaram uma redução de 70,4% na hospitalização e mortes.

Feriado de Tiradentes: veja o que abre e o que fecha em Ribeirão Preto

Serviços essenciais estão mantidos, assim como a vacinação contra a Covid-19 seguirá normalmente.

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em julho

Trabalhadores informais nascidos em julho começam a receber hoje (20) a nova rodada do auxílio emergencial.
- PUBLICIDADE -