Início Saúde Colírio tecnológico corrige problemas na visão sem a necessidade de cirurgia

Colírio tecnológico corrige problemas na visão sem a necessidade de cirurgia

- continua após a publicidade -

Nem todos se adaptam ao uso de óculos e muitas buscam por tratamentos e até cirurgia que corrigia o problema ocular. A boa notícia é que agora vai ficar mais fácil deixar de lado o acessório, sem precisar investir em lentes de contato ou cirurgias.

Pesquisadores desenvolveram um colírio que possui nanopartículas, um novo método que pode curar problemas na visão. Saiba mais!

O colírio tecnológico foi desenvolvido por pesquisadores e, embora o estudo ainda esteja em fase inicial, o paciente vai precisar frequentar o consultório do oftalmologista algumas vezes.

Isso porque ele dispõe de uma técnica que deve evoluir com o tempo, mas que traz uma melhora dentro de dois anos. O controle pelo médico oftalmologista deverá ser regular para que o mesmo possa adaptar os olhos para o bom funcionamento do colírio para evitar possíveis problemas.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

De acordo com os pesquisadores, o médico fará a medição da refração em cada olho e utilizará um laser para criar curvas para dentro, conforme o problema que o paciente apresentar.

Passando por essa etapa inicial, o paciente estará pronto para receber o colírio. Este vai preencher as curvaturas que foram desenvolvidas na superfície, de forma a alterar o índice de refração, corrigindo o problema do paciente.

Vantagens do colírio tecnológico

Mesmo em fase inicial, podemos dizer que as vantagens que o colírio tecnológico apresenta incluem, além das citadas acima, o fato do paciente não precisar passar por uma cirurgia convencional.

Os pesquisadores estão confiantes de que o colírio tecnológico vai poder ajudar muitas pessoas a se livrar do uso de óculos e lentes de contato. Pacientes também estão ansiosos para poder utilizar esse produto.

O colírio tecnológico possui reações adversas?

Não existem relatos sobre testes realizados em que houve qualquer reação adversa. Porém, o colírio tecnológico tem como ponto negativo a durabilidade de seus efeitos. Conforme apontado em estudos, a correção pode durar de um a dois meses.

Mas como informado, essa é uma técnica que promete evoluir com o tempo, passando por aprimoramentos. Portanto, o colírio tecnológico ainda precisa de alguns processos para ser disponibilizado aos pacientes.

Se você quiser fazer uso o quanto antes, basta esperar que ele esteja disponível nas redes de planos de saúde ou por meio de atendimento particular, pois no sistema público de saúde a espera pode ser longa.

 

 

 

Por: Andréia Silveira, colaboradora do site Planodesaude.net

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Bolsonaro manda prender Datena sem provas

É óbvio que este titulo é falso, mas tem como objetivo fazer você pensar no que esta acontecendo com jornalista conservador preso sem provas pelo STF.

Entrevias socorreu 2,6 mil motoristas por pane seca em 2020

Além de infração de trânsito, tanque vazio pode causar transtornos ao viajante

Como ficam as regras do Plano São Paulo para Ribeirão Preto nas fases laranja e vermelha.

Governo de São Paulo acredita que fechar estabelecimentos comerciais e demitir funcionários podem reduzir o avanço do vírus.

Câmara começará a mostrar ao que veio. Não espere coisas boas

Não estranhe se tivermos banheiros uni-sex nas escolas municipais e a proibição de uniformes masculinos e femininos.

Jovem é assassinado durante festa clandestina

Desde Março de 2020, é de conhecimento geral que estes eventos ocorrem em Ribeirão Preto e toda região, chegando mesmo a ter como DJ o filho do prefeito Duarte Nogueira
- PUBLICIDADE -