InícioSaúdeColírio tecnológico corrige problemas na visão sem a necessidade de cirurgia

Colírio tecnológico corrige problemas na visão sem a necessidade de cirurgia

- continua após a publicidade -

Nem todos se adaptam ao uso de óculos e muitas buscam por tratamentos e até cirurgia que corrigia o problema ocular. A boa notícia é que agora vai ficar mais fácil deixar de lado o acessório, sem precisar investir em lentes de contato ou cirurgias.

Pesquisadores desenvolveram um colírio que possui nanopartículas, um novo método que pode curar problemas na visão. Saiba mais!

O colírio tecnológico foi desenvolvido por pesquisadores e, embora o estudo ainda esteja em fase inicial, o paciente vai precisar frequentar o consultório do oftalmologista algumas vezes.

Isso porque ele dispõe de uma técnica que deve evoluir com o tempo, mas que traz uma melhora dentro de dois anos. O controle pelo médico oftalmologista deverá ser regular para que o mesmo possa adaptar os olhos para o bom funcionamento do colírio para evitar possíveis problemas.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

De acordo com os pesquisadores, o médico fará a medição da refração em cada olho e utilizará um laser para criar curvas para dentro, conforme o problema que o paciente apresentar.

Passando por essa etapa inicial, o paciente estará pronto para receber o colírio. Este vai preencher as curvaturas que foram desenvolvidas na superfície, de forma a alterar o índice de refração, corrigindo o problema do paciente.

Vantagens do colírio tecnológico

Mesmo em fase inicial, podemos dizer que as vantagens que o colírio tecnológico apresenta incluem, além das citadas acima, o fato do paciente não precisar passar por uma cirurgia convencional.

Os pesquisadores estão confiantes de que o colírio tecnológico vai poder ajudar muitas pessoas a se livrar do uso de óculos e lentes de contato. Pacientes também estão ansiosos para poder utilizar esse produto.

O colírio tecnológico possui reações adversas?

Não existem relatos sobre testes realizados em que houve qualquer reação adversa. Porém, o colírio tecnológico tem como ponto negativo a durabilidade de seus efeitos. Conforme apontado em estudos, a correção pode durar de um a dois meses.

Mas como informado, essa é uma técnica que promete evoluir com o tempo, passando por aprimoramentos. Portanto, o colírio tecnológico ainda precisa de alguns processos para ser disponibilizado aos pacientes.

Se você quiser fazer uso o quanto antes, basta esperar que ele esteja disponível nas redes de planos de saúde ou por meio de atendimento particular, pois no sistema público de saúde a espera pode ser longa.

 

 

 

Por: Andréia Silveira, colaboradora do site Planodesaude.net

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

João Rock terá roda gigante inédita e ações da Stanley

Pela primeira vez, marca é parceira do festival João Rock e estreia com ações inéditas como uma roda gigante funcionando durante o evento

Classificado, Verdão segue com a melhor campanha da primeira fase

Volante-artilheiro, Danilo dá vitória ao Palmeiras na Libertadores

Ribeirão Preto recebe concerto do maestro João Carlos Martins

Em sessão única e gratuita, apresentação com a Camerata Bachiana homenageia o compositor Johann Sebastian Bach

Camarote Premium: exclusividade, conforto e glamour na Grande Festa do Peão Boiadeiro de Sertãozinho

A Grande Festa do Peão Boiadeiro de Sertãozinho acontece entre os dias 06 e 09 de julho. A edição de 2022 marca os 30 anos do tradicional evento, que inclui shows com grandes artistas e as melhores competições de rodeio.

Projeto Guri ainda dispõe de vagas para cursos gratuitos de música na região de Ribeirão Preto

Matrícula diretamente no polo de ensino do Projeto Guri; não é necessário ter conhecimento prévio de música nem possuir instrumento musical
- PUBLICIDADE -