InícioSaúdeCentro de saúde mental 24 horas inicia atendimentos

Centro de saúde mental 24 horas inicia atendimentos

- continua após a publicidade -

Primeira fase do Caps IV atenderá urgências e emergências psiquiátricas e disponibilizará 20 leitos para internação

O prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, acompanhado da secretária municipal da Saúde, Jane Aparecida Cristina, inaugurou na manhã desta segunda-feira (7), a primeira etapa de formatação do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) IV, localizado na avenida Jerônimo Gonçalves, 466 – Centro.

Nesta primeira fase, a unidade funcionará 24 horas, com foco em urgência e emergência psiquiátricas, e disponibilizará 20 leitos de observação, além de atendimento ambulatorial pós-alta com retorno do paciente agendado.

Do total de leitos, três são isolados e destinados, exclusivamente, para crianças e adolescentes e seus acompanhantes.

“Trata-se de um passo importante na melhoria dos atendimentos psiquiátricos que se agravaram muito depois da pandemia. A partir de agora, esses pacientes terão atendimento e tratamento específicos e mais humanizados nesta unidade de saúde. Como ocupam algo em torno de 35% das unidades de saúde da cidade e agora serão regulados para cá, o fluxo irá desafogar as unidades de saúde e atendimento especializado”, explicou o chefe do Executivo.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A secretária municipal da Saúde explicou que os leitos do CAPS IV serão ocupados por regulação através das Unidades de Pronto Atendimento, que continuarão a ser a porta de entrada das urgências.

É importante informar que nesta etapa, o CAPS não irá atender demanda espontânea, porta aberta. Todos os pacientes continuarão indo para o pronto atendimento e serão regulados internamente para o CAPS IV, após passar por avaliação clínica, onde serão descartadas todas as possibilidades. Constatada a necessidade mental, o paciente será remanejado para esta unidade especializada”, orienta a secretária.

O corpo clínico será formado por profissionais qualificados no tratamento em saúde mental, com equipe composta por médicos psiquiatras, médicos clínicos, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais, numa estrutura adequada e qualificada para o atendimento específico dessa demanda.

Próximas etapas

Na segunda etapa, o foco será nas pessoas em situação de rua, principalmente da região central da cidade. Com previsão de conclusão para o 1º semestre de 2023, contemplará a implantação do Consultório de Rua, equipes multiprofissionais que desenvolvem ações integrais de saúde frente às necessidades dessa população.

Elas devem realizar suas atividades de forma itinerante e, quando necessário, desenvolver ações em parceria com as equipes das Unidades Básicas de Saúde do território e intervenção de crises.

A terceira e última etapa, terá foco em dependentes químicos. Prevista para ser entregue até o final de 2023, a terceira etapa prevê a adequação total do prédio com ocupação de consultórios, mais leitos e implantação do CAPS IV AD (Álcool e Drogas), que será responsável pelo atendimento e segmento psicossocial das pessoas decorrentes dessas necessidades dos distritos sul, leste e central.

O coordenador de saúde mental da pasta, Marcus Vinícius dos Santos, ressalta a importância do projeto sair do papel.

“Sabemos muito antes da pandemia que a saúde mental vem se configurando como um dos principais problemas de saúde pública m mundial, e crescendo significativamente e uma área que tem sido historicamente negligenciada. Com a pandemia o cenário se agravou. Em Ribeirão Preto, com crescimento de 40% em número de óbitos por suicídio. Portanto, uma situação grave que nossa cidade sai na frente, trazendo uma preocupação fundamental, com escopo de atendimentos diferenciado e inovador que não há parâmetros em outras cidades do país”, comemorou.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Valor bloqueado de manifestantes sobe para R$ 18,5 milhões

A Justiça Federal autorizou hoje (21) novos bloqueios de bens de suspeitos de financiar os atos que resultaram na depredação dos prédios dos Três Poderes...

José Dirceu propõe reestruturar papel dos militares no Brasil

Militares precisam voltar para os quartéis e sair de órgãos do governo, sugere. José Dirceu de Oliveira e Silva, ex-ministro da Casa Civil de Lula,...

Lula quer endurecer penas para crimes ‘contra a democracia’

O Ministério da Justiça e Segurança Pública trabalha em uma proposta para endurecer as punições para crimes “contra a democracia”. O projeto, ainda a...

Lula nomeia novo comandante do Exército; Saiba quem é o General Tomás

O governo federal anunciou na tarde deste sábado (21) que o general Tomás Miguel Ribeiro Paiva é novo comandante do Exército. O ex-comandante Militar...

General demitido por Lula reúne Alto Comando do Exército

Objetivo é anunciar a decisão do presidente de demiti-lo
- PUBLICIDADE -