InícioRegiãoSertãozinhoVice-governador do Estado de São Paulo, Márcio França, em Sertãozinho

Vice-governador do Estado de São Paulo, Márcio França, em Sertãozinho

- continua após a publicidade -

Sertãozinho recebe nesta quinta-feira, dia 21, às 10h, no Auditório da Canaoeste, o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo, Márcio França, que participará de um encontro com gestores de diversos municípios da região.

Na oportunidade, que também contará com a presença do deputado estadual, Chico Sardelli, os convidados presentes – prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, secretários municipais, dentre outras lideranças regionais – poderão compartilhar suas experiências e ponderar as demandas importantes dos seus municípios junto ao Governo Estadual.

Serviço:

Data: 21 de setembro de 2017 (quinta-feira)

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Horário: 10h

 Local: Auditório da Canaoeste – Rua Dr. Pio Dufles, 532 – Jardim Soljumar

Sertãozinho – SP.

 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

O nosso adeus a Miguel Liporassi

Ribeirão Preto perde Miguel Liporassi: Não era polêmico nem agressivo, era respeitado pela qualidade, voz e equilíbrio nos comentários. E pela postura com os colegas, leal, ficava longe das intrigas de bastidores.

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech

Multas no corredor de onibus da Vargas começa nesta Segunda-feira (4)

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, transitar pela faixa exclusiva de ônibus é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Congresso mundial online reunirá milhões de pessoas para falar sobre “paz”

Como sentir paz e tranquilidade apesar dos desafios provocados pelo aumento do custo de vida, da violência, dos desastres naturais, do ódio e das guerras?
- PUBLICIDADE -