InícioRegiãoSertãozinhoTriste sequela de um desgoverno Dedini anuncia demissão de Todos os funcionários...

Triste sequela de um desgoverno Dedini anuncia demissão de Todos os funcionários em Sertãozinho

- continua após a publicidade -

O anuncio foi feito na manhã de hoje, sexta-feira (2).

Por meio de nota, a empresa comunicou que, dentro do seu plano de otimização da capacidade instalada, colocará em hibernação a unidade e todos os funcionários serão demitidos.

A medida foi tomada em um momento em que é necessário reduzir custos, centralizar atividades e buscar ter equilíbrio nos custos e despesas.

“A hibernação da unidade em nada afetará a operação das demais fábricas e esperamos que em breve possamos retomar em regime normal as atividades de Sertãozinho, visando atender a uma reação do mercado com novos investimentos”, informou.

Além disso, a Dedini reiterou a credibilidade e compromisso quanto à entrega dos produtos e serviços contratados, bem como a qualidade e prazo acordados.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A Dedini demitiu nesta sexta-feira, 2, os 100 funcionários que ainda trabalhavam na unidade de Sertãozinho (SP) da companhia e fechou as portas da fábrica que chegou a ter 3 mil metalúrgicos.

A indústria de bens de capital está em recuperação judicial e, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do município do interior paulista, nenhuma justificativa foi dada para o encerramento das atividades e sequer houve formalização das demissões.

A companhia, que tem sede em Piracicaba (SP), já foi a maior empresa de base do País para a produção completa de usinas de açúcar e etanol. Nenhum representante da Dedini foi localizado na noite desta sexta.

“Os responsáveis pela Dedini simplesmente chegaram e mandaram todos os funcionários embora, afirmando que a empresa estava fechando suas portas. Isso sem dar nenhuma satisfação, e muito menos respeitar a assembleia marcada pela Justiça para o próximo dia 19 com os credores da recuperação judicial”, informou Samuel Marqueti, presidente do sindicato, que irá recorrer ao Ministério Público e ao Ministério do Trabalho.

Marqueti informou ainda que uma assembleia será realizada na próxima sexta-feira, dia 9 de setembro, às 9h, em frente à unidade da Dedini. Durante a próxima semana haverá reuniões com os funcionários demitidos, disse, também, o sindicalista.

 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

O nosso adeus a Miguel Liporassi

Ribeirão Preto perde Miguel Liporassi: Não era polêmico nem agressivo, era respeitado pela qualidade, voz e equilíbrio nos comentários. E pela postura com os colegas, leal, ficava longe das intrigas de bastidores.

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech

Multas no corredor de onibus da Vargas começa nesta Segunda-feira (4)

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, transitar pela faixa exclusiva de ônibus é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Congresso mundial online reunirá milhões de pessoas para falar sobre “paz”

Como sentir paz e tranquilidade apesar dos desafios provocados pelo aumento do custo de vida, da violência, dos desastres naturais, do ódio e das guerras?
- PUBLICIDADE -