InícioRegiãoSertãozinho"Pedalando para o Futuro" certifica 186 crianças em Leme com próximo destino...

“Pedalando para o Futuro” certifica 186 crianças em Leme com próximo destino em Sertãozinho

- continua após a publicidade -

O “Pedalando para o Futuro – núcleos Sertãozinho / Morro Agudo / Leme” encerrou as atividades na cidade de Leme em evento realizado na última quinta-feira (27). Após um mês de projeto, o ‘Pedalando para o Futuro’ certificou 186 crianças na cidade. As aulas foram realizadas no Centro Universitário Anhanguera da cidade, o projeto segue para Sertãozinho.

O evento de encerramento contou com atividades teóricas e práticas vivenciadas pelas crianças do programa.
A cerimônia de encerramento contou com as 45 crianças participantes da última semana de projeto. Também estavam presentes o coordenador do “Pedalando para o Futuro”, Danilo Terra, membros representantes da TS Tech, Biosev, Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social da cidade e o responsável pelo Centro Universitário Anhanguera, que também auxiliam no projeto.

“A cidade de Leme foi uma das cidades mais interessantes para nós. Criamos um carinho especial por cada criança que passou por aqui. Ensinamos algumas a andar de bicicleta pela primeira vez, ou simplesmente, tirar a rodinha. Isso é gratificante”, comenta Mariana Argentato, assistente social do projeto.

Neste mês de outubro, o projeto atendeu crianças selecionadas pela Secretaria de Assistência Social de Leme e a coordenação da escola EMEB Profª. Helaine Koch Gomes Caic. “O objetivo do projeto sempre foi auxiliar na concentração, desenvolvimento físico, escolar e na própria família. O “Pedalando para o Futuro” constitui em ensinar as leis de trânsito e também a andar de bicicleta de forma correta e em segurança. Ficamos gratos em ver o sorriso no rosto de cada criança beneficiada pelo projeto”, conclui Danilo Terra, coordenador do “Pedalando para o Futuro”.

O Projeto

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

“Pedalando para o Futuro” é um projeto itinerante. Cada mês se instala nas cidades participantes – Sertãozinho, Morro Agudo e Leme e ensina, em média, 45 crianças em cada semana, de 5 a 12 anos, com aulas práticas e teóricas de segunda a sexta-feira. Durante as aulas, são explicadas as leis de trânsito, tanto para o usuário de bicicleta quanto para o pedestre.

Ao final de cada semana as crianças recebem cartilha, camiseta, squeezes e lanche (diariamente), além de um certificado ao final do curso, uma ‘carteira de habilitação para ciclistas’, semelhante às CNHs dos motoristas.

A iniciativa, idealizada pelo ex-ciclista Danilo Terra, é apoiada pela Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, da SELJ (Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude), e pelo Governo do Estado de São Paulo. O “Pedalando para Futuro” em Leme é patrocinado pela empresa TS TECH e apoiados pelo Centro Universitário Anhanguera e Prefeitura Municipal de Leme.

O projeto também é patrocinado pelas empresas Cerâmicas Atlas, Polar Transportes, Dia-Frag e co-patrocínio de Biosev, Golden Technology, Morlan Arames e Telas, Ourofino Saúde Animal e Sanches Transportes.

E apoiado por Transmiro, Supermercados Marino, Liderkraft, Fundação Edimilson, Macopema Redutores, Fundição Moreno, Engevap e Grupo São Francisco.

A Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, SELJ e Governo do Estado de São Paulo oferecem apoio institucional ao projeto.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech

Multas no corredor de onibus da Vargas começa nesta Segunda-feira (4)

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, transitar pela faixa exclusiva de ônibus é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Congresso mundial online reunirá milhões de pessoas para falar sobre “paz”

Como sentir paz e tranquilidade apesar dos desafios provocados pelo aumento do custo de vida, da violência, dos desastres naturais, do ódio e das guerras?

Cai quem quer: Rio de Janeiro confirma quinto caso de varíola dos macacos

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro confirmou hoje (29) o quinto caso de varíola dos macacos (monkeypox) no estado. Segundo nota divulgada pela...
- PUBLICIDADE -