InícioRegiãoSertãozinhoCom aprovação de vereadores, Projeto de Lei beneficiará mais de 100 famílias...

Com aprovação de vereadores, Projeto de Lei beneficiará mais de 100 famílias em Sertãozinho

- continua após a publicidade -

Nesta semana, os trabalhos na Câmara Municipal seguiram normalmente e, um dos destaques da sessão da última terça-feira, dia 02, foi a aprovação do Projeto de Lei nº 39, de autoria do Executivo, autorizando o município de Sertãozinho a implantar o Programa Aluguel Social.

Aprovado por todos os vereadores presentes, em dois turnos, a votação do Projeto de Lei foi acompanhada pelos moradores que lotaram as dependências da Casa de Leis, a maior parte desse público era formada por beneficiários do PL.

Antes da votação, todas as dúvidas foram respondidas pelas representantes da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania, Tatiane Guidoni (secretária da pasta); Janaína de Cássia Braga Mói Crosara (secretária-adjunta) e Silmara Ferreira Rodrigues (assistente social), durante uma reunião com vereadores.

 

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Conheça os principais pontos do Programa – O Programa Aluguel Social consiste na concessão de subsídio assistencial eventual para pagamento de aluguel de imóvel de terceiros, visando disponibilizar acesso à moradia segura em caráter emergencial e temporário, podendo ser destinado às famílias e/ou indivíduos.

As pessoas beneficiadas devem estar inseridas nos seguintes contextos: desalojados de áreas ocupadas clandestinamente e que estejam em situação de risco; situação de risco habitacional de emergência; situação de risco e/ou vulnerabilidade social temporária; situação de calamidade pública decorrentes dos efeitos da catástrofe climática; mulher vítima de violência encaminhada pelo CREAS (Centro de Referência Especializado em Assistência Social), e jovens desacolhidos do Abrigo Institucional que, ao completarem 18 anos de idade, não tenham vínculos familiares estabelecidos e/ou familiares com condições financeiras para assisti-los.

Pelo projeto, são consideradas em vulnerabilidade social as famílias com renda de até R$ 1.800,00.

As famílias serão contempladas com o benefício, após todas as informações forem constatadas, por meio de estudo social e parecer elaborado por um assistente social da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania.

O subsídio do programa será destinado exclusivamente para o pagamento de locação residencial temporária. “Para fazer jus ao benefício, não pode o beneficiário, nem qualquer membro da família, ser proprietário, promitente comprador e/ou cessionário de outro imóvel, e nem ter sido beneficiário de programa habitacional promovido por qualquer uma das esferas governamentais”, menciona o documento.

O valor do Programa Aluguel Social será de R$ 400,00 mensais, por família.

O benefício será concedido pelo prazo máximo de um ano, prorrogável por até mais um ano. O não atendimento de qualquer comunicado emitido pela pasta responsável implicará o desligamento do beneficiário do Programa Aluguel Social.

Pelos dados da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania, até 110 famílias serão atendidas nesse programa.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech

Multas no corredor de onibus da Vargas começa nesta Segunda-feira (4)

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, transitar pela faixa exclusiva de ônibus é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Congresso mundial online reunirá milhões de pessoas para falar sobre “paz”

Como sentir paz e tranquilidade apesar dos desafios provocados pelo aumento do custo de vida, da violência, dos desastres naturais, do ódio e das guerras?

Cai quem quer: Rio de Janeiro confirma quinto caso de varíola dos macacos

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro confirmou hoje (29) o quinto caso de varíola dos macacos (monkeypox) no estado. Segundo nota divulgada pela...
- PUBLICIDADE -