InícioRegiãoSertãozinhoCine CEU exibe o filme brasileiro “Mato Sem Cachorro” nesta sexta, dia...

Cine CEU exibe o filme brasileiro “Mato Sem Cachorro” nesta sexta, dia 31 em Sertãozinho

- continua após a publicidade -

Se você é daquelas pessoas que não gostam de ver filmes sozinhas, chame a galera e aproveite esta dica cultural: o Cine CEU exibe nesta sexta-feira, dia 31, às 19h, o filme brasileiro “Mato Sem Cachorro”.

O longa narra a história de Deco (Bruno Gagliasso) e Zoé (Leandra Leal), que se conheceram quando ele quase atropelou Guto, um cachorro que desmaia toda vez que fica animado. Mas, depois de um relacionamento de dois anos, Deco leva um pé na bunda de Zoé, que fica com Guto e ainda arruma um novo namorado. Deco, revoltado, tentará tomar as rédeas da situação e, com a ajuda do primo Leléo (Danilo Gentili), pegar seu cachorro de volta.

A classificação indicativa é a partir dos 12 anos. O CEU das Artes fica à rua Pedro Montenegro, 340 – Jardim Santa Marta.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

O nosso adeus a Miguel Liporassi

Ribeirão Preto perde Miguel Liporassi: Não era polêmico nem agressivo, era respeitado pela qualidade, voz e equilíbrio nos comentários. E pela postura com os colegas, leal, ficava longe das intrigas de bastidores.

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech

Multas no corredor de onibus da Vargas começa nesta Segunda-feira (4)

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, transitar pela faixa exclusiva de ônibus é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Congresso mundial online reunirá milhões de pessoas para falar sobre “paz”

Como sentir paz e tranquilidade apesar dos desafios provocados pelo aumento do custo de vida, da violência, dos desastres naturais, do ódio e das guerras?
- PUBLICIDADE -