InícioRegiãoSertãozinho18 de maio: data reforça a luta contra o abuso e a...

18 de maio: data reforça a luta contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes

A data marca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro e já alcançou muitos municípios.

- continua após a publicidade -

Há 20 anos, o dia 18 de maio é considerado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A data marca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro e já alcançou muitos municípios.

Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados. Ela foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta da cidade.

A Campanha de Combate à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes possui o tema “Faça Bonito”, e é uma forma de mobilizar e sensibilizar a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos das crianças e adolescentes, garantindo e resguardando seu desenvolvimento, livre do abuso e exploração sexual.

A violência sexual pode ocorrer de duas formas, sendo por abuso ou exploração sexual.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O abuso sexual é a utilização da sexualidade de uma criança ou adolescente para a prática de qualquer ato de natureza sexual. O abuso geralmente é praticado por uma pessoa com quem a criança ou adolescente possui uma relação de confiança, e que participa do seu convívio. Essa violência pode se manifestar dentro do ambiente doméstico ou fora dele.

Já a exploração sexual, é a utilização de crianças e adolescentes com incentivo sexual para obter lucros, objetos de valor ou outros elementos de troca. A exploração sexual ocorre de quatro formas: no contexto da prostituição, na pornografia, nas redes de tráfico e no turismo com motivação sexual.

Em Sertãozinho, há um equipamento social que ajuda a preservar esses diretos: o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS). Com equipe técnica composta por assistente sociais, psicólogos, pedagogo e terapeuta ocupacional, o CREAS oferece atendimento qualificado a famílias e pessoas que estão em situação de risco social ou tiveram seus direitos violados, prevenindo, assim, o agravamento das situações atendidas.

Os atendimentos são realizados de forma segura e sigilosa, com o intuito de minimizar os danos causados pela violência sexual, principalmente para o desenvolvimento adequado da criança e do adolescente após a vitimização, como também para proteção e garantia dos direitos da população infanto-juvenil.

Caso tenha qualquer suspeita ou conhecimento de alguma criança ou adolescente que esteja sofrendo violência sexual, denuncie!

As denúncias podem ser feitas através das seguintes instituições:

– Conselho Tutelar: 3945-2711 ou 99132-7741 (plantão);

– Disque 100;

– Polícia Militar: 190;

– Guarda Civil Municipal: 199;

– Aplicativo “Direitos Humanos Brasil” (o app é a nova plataforma digital do disque 100 e 180 para receber denúncias, solicitações e pedidos de informações sobre temas relacionados aos direitos humanos e família).

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

O nosso adeus a Miguel Liporassi

Ribeirão Preto perde Miguel Liporassi: Não era polêmico nem agressivo, era respeitado pela qualidade, voz e equilíbrio nos comentários. E pela postura com os colegas, leal, ficava longe das intrigas de bastidores.

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech

Multas no corredor de onibus da Vargas começa nesta Segunda-feira (4)

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, transitar pela faixa exclusiva de ônibus é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Congresso mundial online reunirá milhões de pessoas para falar sobre “paz”

Como sentir paz e tranquilidade apesar dos desafios provocados pelo aumento do custo de vida, da violência, dos desastres naturais, do ódio e das guerras?
- PUBLICIDADE -