Início Região Serrana Professor da Fundação Cultural de Serrana vai participar do Festival de Dança...

Professor da Fundação Cultural de Serrana vai participar do Festival de Dança de Joinville, em Santa Catarina

- continua após a publicidade -

O bailarino Diego Pradella, professor da Fundação Cultural de Serrana, foi selecionado para participar do Festival de Dança de Joinville, em Santa Catarina. O evento teve início no último dia 18 e segue até o próximo sábado (29).

Durante estes 11 dias, o Festival de Dança de Joinville apresenta um panorama do que se produz e se ensina em dança em todo o país. Isso inclui desde grandes espetáculos com companhias nacionais e internacionais, até cursos, oficinas e workshops coreográficos e apresentações e atividades gratuitas à comunidade. Até o dia 29 de julho, o público poderá apreciar 3.326 mil coreografias selecionadas nos sete gêneros da dança – balé clássico de repertório, balé neoclássico, dança contemporânea, danças populares, danças urbanas, jazz e sapateado.

Nesta edição, participam mais de sete mil bailarinos do Brasil e de outros países como Argentina e Paraguai. São 240 horas de espetáculos, sendo 200 gratuitas. O festival é considerado o maior do mundo em número de participantes desde o ano de 2005, segundo o Guiness Book.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Licenciado e graduado em Educação Física, Diego iniciou seus estudos em Dança na cidade de Franca. O bailarino também é coreógrafo com experiência internacional e um dos professores do projeto “Arte de Dançar”, da Fundação Cultural de Serrana.

Este ano, Diego participou, ainda, do Festival Passo de Arte Internacional, que foi realizado em Indaiatuba, entre os dias 7 e 16 de julho.

Sobre o projeto

Desde março deste ano, o “Arte de Dançar” promove, de forma gratuita, aulas de balé clássico e contemporâneo, dança de rua, dança de salão e dança do ventre. O projeto conta com a participação de cerca de 700 pessoas, entre elas alguns alunos da APAE de Serrana. As aulas são realizadas na sede da Fundação Cultural de Serrana.

“A ideia central da iniciativa é oferecer à população serranense o acesso à cultura e estimular, por meio da dança, o autoconhecimento, a promoção do bem-estar físico e psicológico, o convívio e a integração social”, explica a proponente do projeto e diretora-presidente da Fundação, Flávia Cedrinho.

As atividades do “Arte de Dançar” são realizadas com recursos de incentivo fiscal da Pedra Agroindustrial S/A. O projeto tem aporte da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet), que destina parte do imposto de renda das empresas e pessoas físicas a projetos incentivados e aprovados pelo Ministério da Cultura.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Ribeirão Preto deve ir para fase verde caso o deus de calça justa não mude as regras

Com o novo anormal, qualquer migalha oferecida pelos governantes são motivo de agradecimento.

Congresso de Líderes Cristãos terá uma nova edição com o tema “É tempo de superar”

Nos dias 02 a 05 de dezembro, em dois horários, às 09h da manhã e às 19h30min., terá uma nova edição do  Congresso de...

Aumento de restrições: Golpe armado para um dia após as eleições.

Comitê contra Covid-19 do governo de SP recomendou aumento de restrições.

Crime: Doria diz que vacina chinesa pode ser aplicada mesmo sem aval da Anvisa

O Instituto Butantan não entregou o resultado de nenhuma fase de pesquisa clínica com seres humanos para a Anvisa.

Hard Rock Cafe Ribeirão Preto traz objetos icônicos de artistas em exposição permanente

Entre os destaques estão instrumentos musicais originais de bandas como Pearl Jam, Kiss, Paul McCartney e Deep Purple