Início Região Serrana Professor da Fundação Cultural de Serrana vai participar do Festival de Dança...

Professor da Fundação Cultural de Serrana vai participar do Festival de Dança de Joinville, em Santa Catarina

- continua após a publicidade -

O bailarino Diego Pradella, professor da Fundação Cultural de Serrana, foi selecionado para participar do Festival de Dança de Joinville, em Santa Catarina. O evento teve início no último dia 18 e segue até o próximo sábado (29).

Durante estes 11 dias, o Festival de Dança de Joinville apresenta um panorama do que se produz e se ensina em dança em todo o país. Isso inclui desde grandes espetáculos com companhias nacionais e internacionais, até cursos, oficinas e workshops coreográficos e apresentações e atividades gratuitas à comunidade. Até o dia 29 de julho, o público poderá apreciar 3.326 mil coreografias selecionadas nos sete gêneros da dança – balé clássico de repertório, balé neoclássico, dança contemporânea, danças populares, danças urbanas, jazz e sapateado.

Nesta edição, participam mais de sete mil bailarinos do Brasil e de outros países como Argentina e Paraguai. São 240 horas de espetáculos, sendo 200 gratuitas. O festival é considerado o maior do mundo em número de participantes desde o ano de 2005, segundo o Guiness Book.

Licenciado e graduado em Educação Física, Diego iniciou seus estudos em Dança na cidade de Franca. O bailarino também é coreógrafo com experiência internacional e um dos professores do projeto “Arte de Dançar”, da Fundação Cultural de Serrana.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Este ano, Diego participou, ainda, do Festival Passo de Arte Internacional, que foi realizado em Indaiatuba, entre os dias 7 e 16 de julho.

Sobre o projeto

Desde março deste ano, o “Arte de Dançar” promove, de forma gratuita, aulas de balé clássico e contemporâneo, dança de rua, dança de salão e dança do ventre. O projeto conta com a participação de cerca de 700 pessoas, entre elas alguns alunos da APAE de Serrana. As aulas são realizadas na sede da Fundação Cultural de Serrana.

“A ideia central da iniciativa é oferecer à população serranense o acesso à cultura e estimular, por meio da dança, o autoconhecimento, a promoção do bem-estar físico e psicológico, o convívio e a integração social”, explica a proponente do projeto e diretora-presidente da Fundação, Flávia Cedrinho.

As atividades do “Arte de Dançar” são realizadas com recursos de incentivo fiscal da Pedra Agroindustrial S/A. O projeto tem aporte da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet), que destina parte do imposto de renda das empresas e pessoas físicas a projetos incentivados e aprovados pelo Ministério da Cultura.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Parede falsa escondia respiradores novos em hospital dizem funcionários

Em Ribeirão Preto menos de 1% do dinheiro enviado pelo gov. Federal foi usado, estados com respiradores comprados em adega, e proibição do tratamento precoce. A morte é um grande negocio.

Com R$ 166 milhões em caixa, prefeitura gastou 0,65% com medicamentos para Covid

Quebrar o pequeno comerciante e fazer obras faraônicas, é a marca deste prefeito que se mostra um capacho do governo de SP

Ribeirão Preto abre hoje (17) agendamento para 2ª dose da CoronaVac em idosos de 69 a 71 anos

Cadastro pode ser feito pela internet ou por telefone. Ao todo, são 13,1 mil vagas disponíveis.

Novos exames mostram que câncer se espalhou pelo corpo de Covas

O câncer atingiu fígado e ossos, em 2019 foi descoberto um tumor no estômago, mas sofreu metástase e se espalhou

Ribeirão Preto já aplicou mais de 133 mil doses de vacina contra a Covid-19

Aproximadamente 47 mil munícipes, entre profissionais da saúde e idosos, já receberam a segunda dose da imunização
- PUBLICIDADE -