InícioRegiãoSerranaProfessor da Fundação Cultural de Serrana vai participar do Festival de Dança...

Professor da Fundação Cultural de Serrana vai participar do Festival de Dança de Joinville, em Santa Catarina

- continua após a publicidade -

O bailarino Diego Pradella, professor da Fundação Cultural de Serrana, foi selecionado para participar do Festival de Dança de Joinville, em Santa Catarina. O evento teve início no último dia 18 e segue até o próximo sábado (29).

Durante estes 11 dias, o Festival de Dança de Joinville apresenta um panorama do que se produz e se ensina em dança em todo o país. Isso inclui desde grandes espetáculos com companhias nacionais e internacionais, até cursos, oficinas e workshops coreográficos e apresentações e atividades gratuitas à comunidade. Até o dia 29 de julho, o público poderá apreciar 3.326 mil coreografias selecionadas nos sete gêneros da dança – balé clássico de repertório, balé neoclássico, dança contemporânea, danças populares, danças urbanas, jazz e sapateado.

Nesta edição, participam mais de sete mil bailarinos do Brasil e de outros países como Argentina e Paraguai. São 240 horas de espetáculos, sendo 200 gratuitas. O festival é considerado o maior do mundo em número de participantes desde o ano de 2005, segundo o Guiness Book.

Licenciado e graduado em Educação Física, Diego iniciou seus estudos em Dança na cidade de Franca. O bailarino também é coreógrafo com experiência internacional e um dos professores do projeto “Arte de Dançar”, da Fundação Cultural de Serrana.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Este ano, Diego participou, ainda, do Festival Passo de Arte Internacional, que foi realizado em Indaiatuba, entre os dias 7 e 16 de julho.

Sobre o projeto

Desde março deste ano, o “Arte de Dançar” promove, de forma gratuita, aulas de balé clássico e contemporâneo, dança de rua, dança de salão e dança do ventre. O projeto conta com a participação de cerca de 700 pessoas, entre elas alguns alunos da APAE de Serrana. As aulas são realizadas na sede da Fundação Cultural de Serrana.

“A ideia central da iniciativa é oferecer à população serranense o acesso à cultura e estimular, por meio da dança, o autoconhecimento, a promoção do bem-estar físico e psicológico, o convívio e a integração social”, explica a proponente do projeto e diretora-presidente da Fundação, Flávia Cedrinho.

As atividades do “Arte de Dançar” são realizadas com recursos de incentivo fiscal da Pedra Agroindustrial S/A. O projeto tem aporte da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet), que destina parte do imposto de renda das empresas e pessoas físicas a projetos incentivados e aprovados pelo Ministério da Cultura.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Bolsonaro na ONU: discurso sóbrio e responsável

‘Estávamos à beira do socialismo’, diz Bolsonaro em discurso na ONU Na abertura da Assembleia-Geral da entidade, presidente criticou lockdown e defendeu tratamento precoce contra a covid-19 O...

Corrente de Amor fomenta doações em prol do Hospital de Amor de Barretos

Facilidade de doação através de aplicativo e em pontos espalhados pelo Brasil, faz com que a campanha seja uma importante fonte de arrecadação para a instituição que operou com déficit mensal de mais de R$ 36 milhões em 2020

Primavera 2021: previsão geral para o Brasil

Primavera começa nesta quarta-feira (22). Crise hídrica e novo La Niña à vista. Quais as expectativas do clima para primavera 2021?

Bolsonaro faz abertura da assembleia geral da ONU logo mais por volta de 10 h

Na abertura da 76ª Assembleia Geral, expectativa é de que Bolsonaro use o púlpito para passar aos demais dirigentes mundiais um panorama do Brasil diferente do que os globalistas e velha mídia fazem.

Amazonas: governador se torna réu por desvio de recursos na pandemia

Se decidirem prender todos verdadeiros GE N0 C1 DAS, faltará cadeia. STJ aceitou hoje denúncia contra Wilson Lima e mais 13 pessoas
- PUBLICIDADE -