InícioRegiãoCajuruPaciente cai de maca, tem complicações e morre

Paciente cai de maca, tem complicações e morre

- continua após a publicidade -

Um aposentado de 75 anos, morador de Cajuru, morreu na tarde desta segunda-feira (30) após cair de uma maca na Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas (HC-UE) em Ribeirão.

Adalto Carmo de Carvalho deu entrada no hospital no último dia 23 com suspeita de uma artéria entupida na perna direita. Segundo familiares, a queda da maca ocorreu nesse dia.

Enquanto esperava vaga na unidade de emergência, no Centro de Ribeirão, o paciente caiu de uma maca do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e bateu com a cabeça no chão, de acordo com a família do idoso.

Após a queda, o aposentado foi levado para a unidade do HC no Campus da Universidade de São Paulo (USP), onde passou por uma cirurgia após ter complicações no quadro de saúde e ficar desacordado.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Após o tombo, começou a sentir muita dor de cabeça.

O neto do aposentado, conta que, um dia depois da queda, o paciente foi encaminhado ao HC Campus e submetido a uma cirurgia de urgência para controlar um AVC hemorrágico.
Mas o quadro de saúde se agravou.

Segundo boletim de ocorrência, um dos médicos do hospital orientou a família a fazer o registro policial sobre o caso.

De acordo com o atestado de óbito, o aposentado morreu após sofrer uma hemorragia cerebral e um trauma crânio-encefálico. Ainda segundo a declaração com a causa da morte, as complicações no quadro de saúde foram provocados pela queda da maca.

“Se levamos ele para o HC e aconteceu isso, antes ele ter ficado em Cajuru. Foi um descaso”, reclama.
Adalto deu entrada na Santa Casa de Cajuru na noite do dia 22 antes de ser encaminhado ao HC.

O neto não soube dizer se a família vai processar o hospital.
O corpo de Adalto será sepultado às 17h desta terça-feira (31), no cemitério de Cajuru.

A direção do hospital ainda não se manifestou sobre o caso.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

A economia a “gente vê depois” leva mais de 2 milhões a extrema pobreza

Pelo menos 2 milhões de famílias brasileiras tiveram a renda reduzida e caíram para a extrema pobreza entre janeiro de 2019 e junho deste...

Quem foi vacinado com coronavac continua proibido de entrar em países que aceitam turistas

A santa medicação do Doria, continua proibida em vários países que já abriram suas fronteiras. E como ficam os imunizados que precisam viajar?

‘Sofrimento global’ faz buscas por ajuda emocional e prevenção ao suicídio aumentarem

Psicológicos relatam aumento de transtornos alimentares e psicológicos na pandemia e falam em ‘crises potencializadas’; Centro de Valorização da Vida registrou 147 mil atendimentos a mais apenas em 2020

Dirigente do Botafogo esquece a tradição e coloca o time entre os da várzea

Agora a torcida vai precisar trocar os bumbos e tambores por rosário, bíblia e agua benta, se não quiser estar ao lado do Leão

Governo federal anuncia dose de reforço para profissionais de saúde

Aplicação extra ocorrerá a partir de seis meses da imunização completa
- PUBLICIDADE -