Início Região Batatais Abertura da Feira do Livro de Batatais reúne população na praça central...

Abertura da Feira do Livro de Batatais reúne população na praça central da cidade

A Feira teve início no dia 26 de agosto e vai até o próximo sábado (31 de agosto)

- continua após a publicidade -

A Feira teve início no dia 26 de agosto e vai até o próximo sábado (31 de agosto). Diferente dos outros anos, além da programação diurna voltada mais para estudantes e professores, nesta edição o evento ganhou atividades em todas as noites, visando atrair diferentes públicos. As atividades acontecem na Praça Cônego Joaquim Alves (Praça Matriz) e no Cine Batatais

Nesta terça-feira (28), Batatais no interior de São Paulo, realizou a solenidade de abertura da 8ª Feira do Livro, que teve início na última segunda-feira (26) e prossegue até o próximo sábado (31). Na abertura, a Banda da Polícia Militar de Ribeirão Preto e alunos da rede municipal de Batatais deram o tom cultural ao evento, que contou com a participação de autoridades locais, professores, escritores, estudantes e o público em geral. A atividade aconteceu a partir das 19h30, na Praça Cônego Joaquim Alves (Praça Matriz).

Estiveram presentes na mesa oficial do evento: Victor Hugo Junqueira (secretário da Educação de Batatais); Luciano Dami (secretário de Cultura e Turismo) que atuou como mestre de cerimônias; o Prefeito José Luis Romagnoli, a professora homenageada Shirley Baldochi; o vereador Sebastião Santana Júnior (presidente da Câmara de Batatais); Bettina Pedroso, produtora cultural da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto e demais vereadores.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Segundo o secretário de Educação, Victor Hugo Junqueira, a cidade tem muito carinho pela Feira do Livro e por isso todos os envolvidos lutam para mantê-la viva. O secretário destacou a importância da Prefeitura oferecer o cheque-livro para os alunos. “Entendemos que a leitura é algo fundamental para o desenvolvimento das crianças”, avaliou. O secretário explicou que a feira cria uma série de trabalhos de leitura na rede municipal de ensino. “Temos aulas de leitura no quarto e quinto ano do ensino fundamental e realizamos a feira para ser mais um incentivo aos alunos”. Junqueira enfatizou que, neste ano, o objetivo dos organizadores foi mostrar que a feira não é só da educação, mas também de toda a cidade.

A professora homenageada local, Shirley Baldochi, recebeu cumprimentos durante a abertura e agradeceu a indicação do seu nome para esta 8ª edição da feira. Ela, que nasceu em São Paulo, contou que veio para Batatais no ano de 1959 e não saiu mais da cidade. “A gente não escolhe onde nasce, mas escolhe a cidade que vamos amar”. Em um depoimento emocionado que narrou sua trajetória de vida, a professora disse que se tivesse a oportunidade de voltar à sua juventude, escolheria ser professora novamente. “A sala de aula me encantou”. Sobre o papel dos livros na formação das pessoas, ela enfatizou que “é através deles e das histórias que melhoramos nossa comunicação e amplificamos a imaginação”.

Shirley Baldochi também foi homenageada pelo prefeito municipal da cidade, José Luis Romagnoli. Ele comentou que os organizadores da Feira do Livro resolveram homenageá-la por conta de toda sua história de luta e dedicação ao ensino. “Essa homenagem é uma saudação com muito carinho em sinal de nosso respeito, reconhecimento e gratidão à professora. Por tudo aquilo que ela representa e fez na sua vida profissional”. O prefeito destacou em seu discurso que, “só a educação e o conhecimento podem fazer com que o cidadão tenha uma vida digna”, concluiu.

Participação de Escolas

Estudantes da cidade também participaram do evento com duas apresentações. A primeira foi realizada pela Escola José Braga Morato e a segunda foi uma montagem preparada pela Escola Municipal Alzira Acra de Almeida. As duas instituições de ensino produziram musicais baseados na obra de Mauricio de Sousa, escritor homenageado e criador da Turma da Mônica.

A coreografia apresentada pela Escola Municipal Alzira Acra de Almeida encerrou a participação dos estudantes. A montagem foi desenvolvida pela aluna Helena de Lima Ribeiro, 11 anos. Ela sonha em ser atriz. Para Helena, a experiência de participar de projetos na feira é muito importante para o aprendizado e ainda dá a oportunidade aos estudantes de se divertirem. Apesar de ter criado a coreografia, a estudante é de outra escola, o Colégio ABE de Batatais e foi considerada como uma Amiga da Escola para a atividade. Para a coordenadora pedagógica da instituição, Ana Lucia de Faria Bergamo, o fato dos alunos se prepararem e subirem ao palco principal da festa literária motiva a leitura de todos. “Os quadrinhos de Mauricio de Sousa são os preferidos dos alunos e com eles, incentivamos a motivação interna da leitura. Os gibis trazem muitas mensagens e geram formação e é esse processo de leitura que leva a pessoa para a fantasia necessária”, mencionou.

Feira do Livro de Batatais

Os homenageados desta edição são o criador da Turma da Mônica, Mauricio de Sousa (escritor homenageado), Shirley Baldochi (homenageada local) e o patrono permanente, José Olympio. As atrações envolvem contação de histórias, palestras, musical, peça teatral, espetáculo e sessões de cinema. A programação é aberta ao público (totalmente gratuita) e acontece na Praça Cônego Joaquim Alves (Praça Matriz) e no Cine Batatais, ambos localizados no centro da cidade, no interior de São Paulo.

Na sexta-feira (30), às 8h e 10h30 a Cia Nuvenzinha Azul apresentará a peça “O Livro Enfeitiçado”. E, às 14h, também com a Cia Nuvenzinha Azul, a peça “O Desaniversário de Alice”. Às 19h30, o De Lucca Circus volta ao palco da Feira, mas com o auxílio da ‘trupe’ Os Profiçççcionais, que interpretam o espetáculo “Cabaré Mundo Circus”, na Praça Matriz.

No sábado (31), último dia do evento, às 10h30 será realizado o espetáculo “Almanaque D’Verso”, com Lucas Santarosa. À noite, às 20h, a Cia Minaz sobe ao palco com a apresentação do musical “Viola Enluarada”.

A 8ª Feira do Livro de Batatais é uma realização da Secretaria de Educação de Batatais, Secretaria de Cultura e Turismo, Prefeitura Municipal e Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto.

PROGRAMAÇÃO – próximas atividades

30 de agosto

8h00 – Peça Teatral “O livro enfeitiçado” com Cia Nuvenzinha Azul

10h30 – Peça Teatral “O livro enfeitiçado” com Cia Nuvenzinha Azul

14h00 – Peça Teatral “O desaniversário de Alice” com Cia Nuvenzinha Azul

19h30 – Espetáculo “CABARÉ MUNDO CIRCUS” com De Lucca Circus e Os Profiçççcionais

Local: Praça Cônego Joaquim Alves – Praça Matriz

31 de agosto

10h30 – Espetáculo “Almanaque D’Verso” com Lucas Santarosa

20h00 – Apresentação musical Viola Enluarada com Cia Minaz

Local: Praça Cônego Joaquim Alves – Praça Matriz

PROGRAMAÇÃO PERMANENTE

19h00 – Projeto Astronomia para todos

Local: Praça Cônego Joaquim Alves – Praça Matriz

8h30 e 14h30 – Sessões gratuitas de cinema Local: Cine Batatais

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Bares e Restaurantes podem abrir aos domingos em Ribeirão Preto

Bares e Restaurantes de Ribeirão Preto poderão abrir também aos domingos durante a fase amarela do Plano São Paulo.

Vírus que promete máquina da Nespresso circula novamente por mensagem no WhatsApp

Os cibercriminosos buscam a distribuição do boato, r também garantir que quem está recebendo a mensagem fique desprevenido pelo fato de ela ser enviada por um contato

É golpe campanha de arrecadação para funcionários do Hospital Santa Lydia

A fundação informa que é falsa a campanha coletiva em prol dos funcionários. Informe-se para não cair em golpes e veja como ajudar a instituição corretamente

Surpresas de 2020: Emirados Árabes e Israel firmam acordo de paz

Donald Trump, mediou o tratado entre as duas potências. Para alguns o caminho aberto para o 3º templo. Até Novembro muito vem por ai

Estudantes gravam vídeos com mensagens de carinho para idosos de Asilo em Ribeirão Preto

Projeto tem o objetivo de ensinar sobre a importância de cuidar de quem está no grupo de risco em meio à pandemia
- PUBLICIDADE -