InícioPolíticaLula anuncia cinco ministros do novo governo

Lula anuncia cinco ministros do novo governo

Fernando Haddad e Flávio Dino estão entre os nomes

- continua após a publicidade -

Fernando Haddad e Flávio Dino estão entre os nomes

O presidente eleito, Lula, definiu nesta sexta-feira, 9, os nomes dos cinco titulares dos ministérios de seu novo governo. O anúncio ocorreu no Centro Cultura Banco do Brasil (CCBB), sede da equipe de transição petista, em Brasília.

Confira os nomes:

  • Ministério da Fazenda: Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo;
  • Ministro-chefe da Casa Civil: Rui Costa, governador da Bahia;
  • Ministério da Defesa: José Múcio, ex-ministro José Múcio;
  • Ministério da Justiça: Flávio Dino, senador eleito do Maranhão;
  • Ministério das Relações Exteriores: Flávio Vieira, embaixador.

Em atualização

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Governo Lula Suspende ou Encerra Mais de 57 mil Benefícios do INSS

Essas ações de monitoramento resultaram em um impacto financeiro de R$ 750,85 milhões, referentes a pagamentos. Isso inclui bloqueio de crédito, suspensão ou cessação de benefícios.

BC Aperfeiçoa Segurança do Pix e Define Data para Pix Automático

Para pagadores, o Pix Automático oferece uma forma de pagamento recorrente sem necessidade de autenticação a cada transação, mediante autorização prévia.

Educação de SP divulga datas do Provão Paulista Seriado 2024

Para a 3ª série do Ensino Médio, a prova que dá acesso direto ao ensino superior será aplicada em 30 e 31 de outubro; Saresp para Ensino Fundamental também tem datas definidas

Após 12 Anos, BNDES Abre Concurso para Nível Superior com Cotas para Pessoas Negras e PcD

Este concurso oferece 150 vagas imediatas e outras 750 para formação de cadastro de reserva. O edital foi publicado nesta segunda-feira, 22 de julho, no Diário Oficial da União e está

Nipah: Causas e Sintomas do Vírus Sem Cura com Potencial Pandêmico

Não há tratamentos específicos ou vacinas para o vírus Nipah. O protocolo atual para os infectados é controlar os sintomas, como convulsões e pneumonia.
- PUBLICIDADE -