Início Política Férias frustradas: após bombardeio nas redes, Doria decide voltar para SP

Férias frustradas: após bombardeio nas redes, Doria decide voltar para SP

O ditador de São Paulo, João Doria (PSDB), e sua esposa, a primeira-dama do Estado, Bia Doria, embarcaram para Miami nesta madrugada, às 00h05.

- continua após a publicidade -

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), decidiu cancelar a viagem que faz a Miami, nos Estados Unidos. Pelas redes sociais, ele disse que retorna ainda nesta quarta-feira, 23, para São Paulo. O motivo oficial foi o diagnóstico positivo para a covid-19 apresentado pelo vice-governador do Estado, Rodrigo Garcia (DEM), que ficaria como interino.

“Acabo de receber a notícia de que o vice-governador, Rodrigo Garcia, testou positivo para covid-19. Por conta disso, estou cancelando minha licença e retorno ainda hoje para SP para seguir o trabalho à frente do Governo de SP. Desejo pronta recuperação ao Rodrigo Garcia”, tuitou.

Em Ribeirão publicou ontem (22) que Depois de decretar a volta à fase vermelha, Doria ficará dez dias Miami a passeio

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Procuradora da República sugeriu forjar provas para tentar incriminar Bolsonaro

A procuradora, que tentava incriminar Bolsonaro,"o chamou de “lixo” em um dos trechos. Confira abaixo os diálogos

Prefeitura abre agendamento para vacinação de idosos com 77 a 79 anos

Vacinação acontecerá na sexta-feira e sábado, dias 5 e 6 de março, em 26 postos de vacinação, distribuídos pela cidade

Doria assina decreto que reconhece atividades religiosas como serviço essencial

Em março de 2020, quando a mesma medida foi tomada pelo governo federal,Doria chegou a pedir que o atendimento religioso fosse feito apenas virtualmente, e muitos templos ficaram com portas fechadas.

Sintomas de Covid-19 podem mascarar doenças ainda mais mortais

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a taxa de mortalidade da meningite, caso a doença não seja tratada corretamente, é de 70 a 90% dos casos

Declaração do Imposto de Renda começa nesta segunda

Receita Federal espera receber mais de 32,6 milhões de declarações
- PUBLICIDADE -