InícioPolíticaFérias frustradas: após bombardeio nas redes, Doria decide voltar para SP

Férias frustradas: após bombardeio nas redes, Doria decide voltar para SP

O ditador de São Paulo, João Doria (PSDB), e sua esposa, a primeira-dama do Estado, Bia Doria, embarcaram para Miami nesta madrugada, às 00h05.

- continua após a publicidade -

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), decidiu cancelar a viagem que faz a Miami, nos Estados Unidos. Pelas redes sociais, ele disse que retorna ainda nesta quarta-feira, 23, para São Paulo. O motivo oficial foi o diagnóstico positivo para a covid-19 apresentado pelo vice-governador do Estado, Rodrigo Garcia (DEM), que ficaria como interino.

“Acabo de receber a notícia de que o vice-governador, Rodrigo Garcia, testou positivo para covid-19. Por conta disso, estou cancelando minha licença e retorno ainda hoje para SP para seguir o trabalho à frente do Governo de SP. Desejo pronta recuperação ao Rodrigo Garcia”, tuitou.

Em Ribeirão publicou ontem (22) que Depois de decretar a volta à fase vermelha, Doria ficará dez dias Miami a passeio

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -