InícioPolíticaDirceu diz que ministro Luiz Fux prometeu absolvê-lo

Dirceu diz que ministro Luiz Fux prometeu absolvê-lo

Fux que estava no STJ, buscava um cargo no STF. Por coincidência, Fux foi nomeado pela presidente Dilma Rousseff para o STF no início de 2011.

- continua após a publicidade -

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado no julgamento do mensalão, afirmou que foi “assediado moralmente” pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF) durante seis meses. Essa pressão aconteceu, segundo Dirceu, quando Fux ainda era ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e desejava ser indicado para uma vaga no STF.

A reunião entre Dirceu e Fux ocorreu, segundo o petista, num escritório de advocacia de conhecidos comuns. Ao relatar o encontro, o ex-ministro fez uma acusação grave. Disse não ter perguntado “nada” e que Fux “tomou a iniciativa de dizer que ia me absolver”. Para Dirceu, Fux “já deveria ter se declarado impedido de participar desse julgamento [do mensalão]”.

Fux foi nomeado pela presidente Dilma Rousseff para o STF no início de 2011. Durante o julgamento do mensalão, votou pela condenação de Dirceu –que acabou sentenciado a de dez anos e dez meses de reclusão mais multa. Mensalão A entrevista ao “Poder e Política” foi a primeira de José Dirceu após ter sido condenado pelo STF. Ele falou sobre como se prepara para passar um período preso (ao menos um sexto da pena).

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -