InícioMundoRússia faz megaexercício militar e coloca Ucrânia em alerta

Rússia faz megaexercício militar e coloca Ucrânia em alerta

China se posicionou na fronteira com a Índia, Japão compra 105 caças, E.U posicionando seus portas aviões, sem contar o constante conflitos entre árabes e israelenses. Você acredita que estamos próximos a uma terceira G. mundial?

- continua após a publicidade -

A Rússia anunciou nesta sexta (17) um dos maiores exercícios militares surpresa de que se tem notícia no país, envolvendo 150 mil soldados.

Ele começou a ser conduzido no flanco sudoeste do país, o que gerou alarme na vizinha Ucrânia.

Segundo divulgou a agência estatal Tass, o ministro Serguei Choigu (Defesa) disse que haverá 56 exercícios táticos em 35 campos de treinamento e 17 áreas navais, nos mares Negro e Cáspio.

“A checagem surpresa envolve 149.755 pessoas, 26.820 armamentos e veículos militares, 414 aeronaves e 106 navios de guerra e suporte”, disse Choigu, que citou ordens diretas do presidente Vladimir Putin para a execução do teste.

Nesse tipo de manobra, os comandantes checam a rapidez com que suas tropas são mobilizáveis para pronta ação.

Os números anunciados, se verdadeiros, são superlativos.

arquivo

O maior exercício militar russo desde a Guerra Fria havia acontecido em 2018, reunindo 300 mil homens na Sibéria.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Mas ele era uma ação planejada com bastante antecedência -todo ano, a Rússia faz um grande exercício em uma de suas regiões estratégicas.

O exercício desta sexta mobilizou tropas dos distritos militares Meridional e Ocidental, visando preparação para a grande simulação deste ano, o Kavkaz-2020 (Cáucaso-2020), marcado para setembro. Além disso, foram envolvidas fuzileiros navais da frotas Setentrional e do Pacífico, e forças paraquedistas.

Com isso, Moscou quer demonstrar para o Ocidente que, apesar de ser um quinto país do mundo mais afetado pela pandemia do novo coronavírus, mantém sua capacidade de mobilização rápida.

Além disso, é uma reafirmação interna de poder, no momento em que Putin enfrenta alguns protestos contra o referendo que lhe deu, há duas semanas, a possibilidade de tentar permanecer na Presidência até 2036.

Exercícios militares são uma constante no país de Putin, e neste ano mesmo já haviam sido dadas outras demonstrações de força. China e outros adversários regionais dos Estados Unidos, como Irã e Coreia do Norte, também fizeram o mesmo.

arquivo

Já os americanos têm focado principalmente em sua disputa estratégica com Pequim, fazendo manobras ostensivas no mar do Sul da China, que os chineses consideram seu quintal. Enquanto isso, o embate segue na área comercial (guerra tarifária), tecnológica (veto à Huawei no 5G) e diplomática (sanções devido à nova lei de segurança em Hong Kong).

Além disso, Rússia e EUA não têm se acertado acerca de seus arsenais nucleares, com o governo de Donald Trump deixando tratados de controles de armas, enquanto Putin acelera o desenvolvimento de novos mísseis.

arquivo pessoal

De forma menos generalista, a Ucrânia recebeu a notícia de Moscou com preocupação. O país perdeu a Crimeia para Moscou em 2014, na esteira da revolta que derrubou o governo pró-Kremlin em Kiev, e o conflito congelado com separatistas russos étnicos no seu leste já matou 13 mil pessoas.

O Ministério da Defesa ucraniano determinou alerta e afirmou que fará um exercício militar grande em setembro, coincidindo com o Kavkaz-2020.

Convidou países da Otan (aliança militar ocidental) para participar das manobras, o que vai desagradar o governo Putin.

A Rússia considera a Ucrânia um ponto vital de separação entre seu território e as forças ocidentais.

É essa a lógica que rege as ações de Putin em sua periferia ex-soviética, como também a Geórgia, onde travou guerra em 2008.

arquivo pessoal

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Covid-19: Butantan identifica nova variante recombinante em São Paulo

Trata-se da variante XG da cepa Ômicron. Eles não desistem e vão continuar controlando o gado que segue estes "cientistas" negacionistas.

Táxis poderão utilizar corredores de ônibus em Ribeirão Preto

Veículos de urgência e emergência também podem utilizar os corredores de ônibus a partir do dia 23 de maio

Entidades Assistenciais começam a receber cobertores da Campanha do Agasalho

Confira os locais de doação no site da Campanha do Agasalho. A campanha, que segue até o dia 31 de agosto, tem como objetivo arrecadar cobertores e agasalhos, novos ou usados em bom estado de conservação

Projeto CineMaterna do Shopping Iguatemi Ribeirão Preto exibe filme Doutor Estranho no Multiverso da Loucura

Sessão adaptada para receber as famílias será exibida na próxima quarta-feira, dia 18

Ciclista de Ribeirão Preto é campeão Paulista de Ciclismo

Além da primeira colocação com Gabriel Brasileiro Bortolin, a equipe ribeirão-pretana também subiu ao pódio na categoria Infanto-Juvenil com o ciclista Fernando Minervino de Almeida Leite
- PUBLICIDADE -