Início Mundo Investigação nos EUA acusa 300 padres de pedofilia e identifica mais de...

Investigação nos EUA acusa 300 padres de pedofilia e identifica mais de mil vítimas

- continua após a publicidade -

Uma ampla investigação judicial nos Estados Unidos encontrou evidências confiáveis contra mais de 300 padres abusadores e identificou mais de mil menores de idade, vítimas durante décadas de abuso sexual encoberto pela Igreja Católica na Pensilvânia.

“Acreditamos que o número real (de menores abusados, inclusive aqueles cujos dossiês se perderam ou que nunca denunciaram por medo) está nos milhares”, destaca o relatório de 1.400 páginas sobre o abuso sexual de menores em todas as dioceses do estado de Pensilvânia, exceto dois. “Para muitas vítimas, este informe faz justiça”, disse à imprensa o procurador geral da Pensilvânia, Josh Shapiro, ao informar sobre suas descobertas.

A maioria das vítimas era de meninos, mas havia meninas, e muitos estavam na pré-puberdade, segundo o informe, que revela o uso de álcool e pornografia. Alguns foram tocados e até violentados.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Esta é considerada uma das investigações mais exaustivas sobre abuso sexual na Igreja católica americana e, segundo a imprensa local, contém nomes e detalhes nunca antes revelados.

“Alguns foram forçados a masturbar seus agressores ou foram tocados por eles, e outros foram violentados”, mas em todos os casos há autoridades eclesiásticas “que preferiram proteger os abusadores e a instituição acima de tudo”, revela o relatório de um Grande Juri que analisou a investigação.

Em um dos casos mais chocantes, um padre estuprou uma menina de sete anos em um hospital após a criança ser operada para retirar as amígdalas. Em outro ataque, um menino foi dopado com um suco e acordou no dia seguinte com o ânus sangrando, sem lembrar do que ocorreu.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Odebrecht fez pagamentos a Toffoli, denuncia Marcelo Odebrecht à PGR

Marcelo Odebrecht e os demais diretores da empresa sempre se referiam a Toffoli como “amigo de Adriano” ou “amigo de AM (Adriano Maia)”

Gol de Bolsonaro: SBT acerta transmissão da final do carioca, Flamengo e Fluminense

O SBT alcançou a sua maior audiência na história da emissora até então com a transmissão da final da Copa do Brasil, decidida por Corinthians e Grêmio

Divirta-se com os melhores tweets do MBL tratando Ayan como um guru

Com a prisão de Luciano Ayan por suspeita de lavagem de dinheiro, separamos os melhores do tweets em que mblistas idolatram o prisioneiro.

Ribeirão Preto tem leitos sobrando na rede privada e deveria contratar com urgência

Presidente da entidade diz que hospitais de campanha são um erro estratégico e que Ribeirão Preto vive o cenário já experimentado por Manaus

Preso por lavagem de dinheiro do MBL teve cargo no governo Doria

Os presos Alessander Mônaco e Carlos A. de Moraes Afonso são investigados por ocultação de patrimônio, além de lavagem de dinheiro.
- PUBLICIDADE -