InícioMundoAntifas queimam Bíblia Sagrada durante protestos

Antifas queimam Bíblia Sagrada durante protestos

Manifestantes ainda incendiaram a cabeça de um porco com roupas da polícia e a bandeira americana

- continua após a publicidade -

Há mais de dois meses a cidade de Portland (Oregon) vem sofrendo com protestos e atos de vandalismos promovidos pelos Black Lives Matter.  Além de extensos danos materiais no centro da cidade, houve violência dentro e fora dos protestos, incluindo tiroteios e esfaqueamentos.

A Agencia de Notícias Católica (CNA na sigla em inglês) informou que os vândalos queimaram uma Bíblia Sagrada durante um protesto, em frente a um tribunal federal, na madrugada de 1º de agosto. Junto com a Bíblia, os manifestantes puseram fogo em uma bandeira americana.

O arcebispo Alexander Sample, de Portland, criticou a violência na cidade enquanto encorajava os católicos a renovar a fé e a esperança em Deus:

“Embora seja preocupante o estado da Igreja e do mundo, é um ótimo momento para ser católico. Eu realmente acho que o Senhor vai pedir grandes coisas a nós”.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Seleção feminina de futebol bate a Zâmbia e pega o Canadá nas quartas

Invictas na competição, com vitória contra a China na estreia por 5 a 0 e empate com a Holanda por 3 a 3

FMI melhora previsão de crescimento do Brasil, para 5,3% em 2021

Previsão impulsionou estimativa de alta para América Latina e Caribe

Agressor terá que pagar gastos com tratamento a animal vítima de maus-tratos

Lei que responsabiliza autor de agressões a arcar com o custeio de cuidados é sancionada

Vacina: Profissionais de saúde entre 35 e 59 anos segunda dose

Serão disponibilizadas 4 mil vagas para vacinação que acontecerá na terça-feira, dia 3 de agosto

Homem completamente vacinado, voltou da China, ficou no hotel de quarentena e quando saiu descobriram que tinha Covid

Caso ocorreu na Austrália. A diretora de saúde, Jeannette Young, disse que ele teve três testes negativos antes de sair da quarentena.
- PUBLICIDADE -