Início Lazer e Cultura "Sombras do interior: rastros expressos em imagens" traz teatro de sombras inspirado...

“Sombras do interior: rastros expressos em imagens” traz teatro de sombras inspirado em Ribeirão Preto

Cia de teatro monta espetáculos online e abre espaço para discussão sobre público virtual e acessibilidade em libras

- continua após a publicidade -

A Companhia Libélulas se inspirou em Ribeirão Preto para contar três histórias visuais através do teatro de sombras: Povos do Aquífero Guarani, O Anão do Palace e Os Caiapós e o Velho Diabo. Além dos espetáculos, elas trazem duas lives com os temas: Diálogos do Teatro de Sombras e a Formação de Público e Acessibilidade e a Formação de Público.

As apresentações serão todas online pelas plataformas do Youtube, Facebook e Instagram, e começam a serem exibidas em março, com término em abril. Nos dias 17 e 24 de março acontece as lives, na qual trazem a discussão a formação de público virtual no teatro e a acessibilidade em libras. Dia 31 estreia os espetáculos, com encerramento no dia 18 de abril, onde serão apresentados os três títulos na sequência. Os eventos são gratuitos.

Para montar os espetáculos o grupo buscou inspiração em suas referências, na originalidade do seu povo e do bioma. Trazendo um encontro de fantasia e de identidade da cidade.

“Com esse projeto, pretende-se chegar à diversas audiências, os espetáculos foram elaborados para o público infanto-juvenil, porém a maneira em que é criado e pensado estes espetáculos de teatro de sombras, podem ser acessados por diferentes faixas etárias. Procuramos por uma diversidade do público e nesse trabalho damos um passo para a acessibilidade em Libras, para que possamos começar a dialogar artisticamente com o público surdo, principalmente na região de Ribeirão Preto”, conta Daniele Viola, Atriz-Sombrista e Produtora Executiva da Cia. Libélulas. 

foto arquivo

O projeto “Sombras do Interior: rastros expressos em imagens”  foi selecionado pelo PROAC Expresso Lei Aldir Blanc 38/2020 e é uma realização do Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Sobre os espetáculos:   

Os Povos do Aquífero Guarani

Em um tempo que é anterior ao próprio tempo, os povos viviam sobre a terra, uma diferente de hoje. Eles eram magmáticos, viviam dentro de um vulcão. Suas gerações foram se transformando. E o tempo correu. Um dia decidem migrar para um lugar mais seguro, secreto, migram para o chão, passam por seus antepassados, e vão entrando o mais profundo que conseguem, chegam a mil metros abaixo da superfície. Lá se tornam seres de água. E como antes eram fogo, agora, são água. São cristalinos, eles se comunicam com outros seres terrestres, como as árvores e flores.

O Anão do Palace

Um mistério. Anos 50. Ribeirão Preto. Tarde da noite, a ligação de uma mulher. A Policial que atende vai verificar o que ocorre no Hotel Palace. Ao adentrar ao local é surpreendida por uma pessoa, um ser, adulto e de baixa estatura. Depois deste encontro, ninguém mais ouve falar das pessoas envolvidas no estranho acontecimento, resta apenas um boato do Anão do Palace.

Os Caiapós e o Velho Diabo

Um povo vive harmoniosamente na região que hoje chamamos de Ribeirão Preto, plantam milho, mandioca, além de ervas e plantas medicinais. Sob os fortes raios solares, imersos na vegetação do cerrado, onde os Caiapós vivem. Até que os bandeirantes chegam invadindo as terras e causando destruição. Eles são liderados por um homem que é chamado por eles de Anhanguera, o Velho Diabo.

Programação:   Sombras do Interior: rastros expressos em imagens 

Lives:

17/03 – Tela Compartilhada: Diálogos do Teatro de Sombras e a Formação de Público

19h – Instagram da Cia.Libélulas

24/03 – Tela Compartilhada: Acessibilidade e a Formação de Público

19h – Instagram da Cia. Libélulas

Espetáculos:

31/03 – Os Povos do Aquífero Guarani

10h30 e 16h – Youtube da Biblioteca Sinhá Junqueira

19h – Youtube da Associação de Surdos de São Carlos

07/04 – O Anão do Palace

10h30 e 16h – Youtube da Biblioteca Sinhá Junqueira

19h – Youtube da Associação de Surdos de São Carlos

14/04 – Os Caiapós e o Velho Diabo

10h30 e 16h – Youtube da Biblioteca Sinhá Junqueira

19h – Youtube da Associação de Surdos de São Carlos

18/04 – Encerramento (apresentação dos 3 vídeos em sequência)

18h – Facebook da Associação Brasileira de Teatro de Bonecos (ABTB-UNIMA) e Youtube da Cia. Libélulas

Saiba mais em: https://m.facebook.com/cialibelulas  /

Instagram:   @cialibelulas

Contato: (48) 9 8815.4131 (WhatsApp)

Onde: Youtube, Facebook e Instagram

Gratuito e on-line.

Sobre a CIA. LIBÉLULAS: A Cia. Libélulas foi formada em 2015. Hoje a companhia trabalha em dois núcleos, um em Florianópolis/SC e outro em Ribeirão Preto/SP. Tem em sua trajetória seis espetáculos e a participação em festivais nacionais e internacionais. Atua, principalmente, nas linguagens do Teatro de Sombras, Máscaras Teatrais e Teatro Performativo.

Sobre o projeto: O projeto “Sombras do Interior: rastros expressos em imagens”  foi selecionado pelo PROAC Expresso Lei Aldir Blanc 38/2020 e é uma realização do Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com R$ 166 milhões em caixa, prefeitura gastou 0,65% com medicamentos para Covid

Quebrar o pequeno comerciante e fazer obras faraônicas, é a marca deste prefeito que se mostra um capacho do governo de SP

Ribeirão Preto abre hoje (17) agendamento para 2ª dose da CoronaVac em idosos de 69 a 71 anos

Cadastro pode ser feito pela internet ou por telefone. Ao todo, são 13,1 mil vagas disponíveis.

Novos exames mostram que câncer se espalhou pelo corpo de Covas

O câncer atingiu fígado e ossos, em 2019 foi descoberto um tumor no estômago, mas sofreu metástase e se espalhou

Ribeirão Preto já aplicou mais de 133 mil doses de vacina contra a Covid-19

Aproximadamente 47 mil munícipes, entre profissionais da saúde e idosos, já receberam a segunda dose da imunização

Fase Doria: Nem laranja, nem vermelha. Medo de sair do armário

A fase Doria é aquela que não sai do armário, não é vermelha e não é laranja, mas como quarentena só aumentou os casos, eles decidiram voltar voltar atrás, mas não muito
- PUBLICIDADE -