InícioLazer e CulturaOficina gratuita com Jorge Menna Barreto acontece no próximo sábado no Palacete...

Oficina gratuita com Jorge Menna Barreto acontece no próximo sábado no Palacete 1922

- continua após a publicidade -

A mostra “desabrochar de um modo ou de outro” da artista visual Simone Moraes, em exposição no Palacete 1922 até o dia 08 de dezembro, promove mais duas oficinas gratuitas com a participação de convidados que são referência para a pesquisa da artista.

A próxima atividade acontece no dia 24 de novembro, sábado, das 14h às 17h, com participação do artista e pesquisador Jorge Menna Barreto e mediação da curadora da mostra, Galciani Neves.

Outras atividades continuam acontecendo diariamente na exposição, ativadas pela artista, que segue em residência na exposição com seu assistente Gabriel Azarias. Há também a programação e as visitas realizadas pelas educadoras Camila Paulucci, Edna Cavalcante, Helena Janólio, Gabriela Costa Sertori e Rafaella Rímoli.

A última oficina será realizada em 1º de dezembro, às 11h, com Maria de Lourdes Eleutério. Tema: “Da pedra ao intangível: Mário de Andrade e o projeto de preservação do patrimônio cultural”

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Mais Informações, inscrições para as conversas e oficinas e agendamentos de grupos com o MARP pelos telefones (16) 3635 2421 / 3941 0089 e pelo e-mail marp@cultura.pmrp.com.br

Oficina Germinar – com Jorge Menna Barreto

As crises sociais, econômicas e políticas que vivemos muitas vezes parecem não ter solução. A ilusão de autonomia da espécie humana é em grande parte responsável por essa condição. Isolamos a nossa espécie em cidades que de maneira arrogante ditam o ritmo e o valor da vida. Demasiadamente centrada em si, a sociedade contemporânea busca dentro do pensamento humano as respostas para os seus problemas. Essa conversa procurará investigar, a partir da arte, possibilidades de concebermos um mundo com outras centralidades para além da humana, incluindo outras espécies, estados e elementos de maneira definitiva para germinarmos imagens que considerem a vida como um fenômeno complexo, ou “aquilo que foi tecido junto”.

Jorge Menna Barreto é artista e pesquisador. Há 20 anos deixa que o lugar determine aquilo que irá construir e, mais recentemente, o que irá comer. É professor adjunto no Instituto de Artes da UERJ e doutor em Poéticas Visuais em Artes pela USP (2012). Desde sua pesquisa de pós-doutorado na UDESC (2014), tem investigado relações possíveis entre agroecologia e as práticas site-specific em arte. Em 2016, participou da 32ª Bienal de São Paulo com a obra Restauro: escultura ambiental.

Serviço
Projeto/Exposição “desabrochar de um modo ou de outro” de Simone Moraes, com curadoria de Galciane Neves e curadoria de educação e programas públicos de Valquíria Prates

De: 01 de novembro a 08 de dezembro
Visitação da exposição: de quarta a sábado, das 11h30 às 17h30.
Indicação: livre
Entrada: gratuita
Local: Palacete 1922 (Jorge Lobato)
Endereço: Rua Álvares Cabral, 716, Ribeirão Preto-SP.
Informações: (16) 3635 2421 / 3941 0089

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Governo federal anuncia dose de reforço para profissionais de saúde

Aplicação extra ocorrerá a partir de seis meses da imunização completa

Bolsonaro na ONU: discurso sóbrio e responsável

‘Estávamos à beira do socialismo’, diz Bolsonaro em discurso na ONU Na abertura da Assembleia-Geral da entidade, presidente criticou lockdown e defendeu tratamento precoce contra a covid-19 O...

Corrente de Amor fomenta doações em prol do Hospital de Amor de Barretos

Facilidade de doação através de aplicativo e em pontos espalhados pelo Brasil, faz com que a campanha seja uma importante fonte de arrecadação para a instituição que operou com déficit mensal de mais de R$ 36 milhões em 2020

Primavera 2021: previsão geral para o Brasil

Primavera começa nesta quarta-feira (22). Crise hídrica e novo La Niña à vista. Quais as expectativas do clima para primavera 2021?

Bolsonaro faz abertura da assembleia geral da ONU logo mais por volta de 10 h

Na abertura da 76ª Assembleia Geral, expectativa é de que Bolsonaro use o púlpito para passar aos demais dirigentes mundiais um panorama do Brasil diferente do que os globalistas e velha mídia fazem.
- PUBLICIDADE -