Início Lazer e Cultura O vírus fica de folga até as 22 horas, depois ele volta...

O vírus fica de folga até as 22 horas, depois ele volta infectar

Ribeirão Preto que esta na fase amarela poderá abrir os bares até 22 horas, já a partir de hoje ( sexta-feira 20).

- continua após a publicidade -

Pelo plano São Paulo, Ribeirão Preto que esta na fase amarela poderá abrir os bares até 22 horas, já a partir de hoje ( sexta-feira 20).

A medida vale para os estabelecimentos localizados em regiões que estiverem há 14 dias na fase amarela do Plano São Paulo de flexibilização da quarentena.

Inicialmente, o estado permitia a abertura desses estabelecimentos somente até as 17 horas.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Para funcionar, os estabelecimentos devem cumprir algumas regras definidas pela prefeitura. Entre elas, está o funcionamento com no máximo 40% da capacidade e a exigência de reservas.

Boates e eventos

Em ambos os casos, a liberação só irá ocorrer quando a cidade estiver a 28 dias completos na Fase Amarela.

Foto Divulgação
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

SINCOVARP e CDL realizam ações de Natal no comércio de Ribeirão Preto

O NATAL MAIS RIBEIRÃO reúne iniciativas que vão de estímulo às vendas até cultura, entretenimento e conscientização sobre a prevenção e combate ao Covid-19

Agrishow anuncia alteração da data de realização na edição 2021

A feira estava prevista para acontecer no final de abril do próximo ano.

Trafico: Mulher melancia foi presa

A suspeita foi detida à cerca de 100 Km de Ribeirão Preto, enquanto ia de ônibus até o Rio de Janeiro.

Comercio de Ribeirão Preto poderá funcionar até 22 horas

O comercio não pode exceder 10 horas diárias, com isso precisarão se adaptar para atendimento noturno.

Dezembro Vermelho começa com “Dia Mundial de Luta Contra a Aids” em Ribeirão Preto

Testagem para HIV e Sífilis será reforçada de 1º a 5 de dezembro nas unidades de saúde da rede municipal