InícioLazer e CulturaFecha tudo mas prefeitura gasta quase 1 milhão na Secretaria da Cultura

Fecha tudo mas prefeitura gasta quase 1 milhão na Secretaria da Cultura

No Palace foram 297.664,00 mais 200 mil para contratação de segurança terceirizada no teatro de arena, (onde esta a guarda municipal? )

- continua após a publicidade -

Entrega e adequações de espaços públicos, segurança patrimonial e projetos de fomento e formação cultural pautaram o primeiro trimestre

O ano de 2021 começou com o pagamento da segunda etapa da Lei Aldir Blanc – contemplando artistas e coletivos culturais de Ribeirão Preto no valor total de R$ 2 milhões, integralmente pagos no dia 10 de fevereiro.

Ainda existem recursos remanescentes aguardando tramitação de um projeto de lei na Câmara Federal, que possibilita o uso de R$520 mil restantes do repasse feito pelo Governo Federal.

Dentre os equipamentos culturais sob a gestão da Secretaria, nos 100 primeiros dias do ano, houve a abertura para utilização da Sala Multiuso do Centro Cultural Palace, um espaço com salas climatizadas, banheiros acessíveis e vestiários, para atender os alunos e frequentadores do local.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A reforma contou com parcerias para desenvolvimento do projeto arquitetônico, execução e aprovação pelo Conselho de Preservação do Patrimônio e foi idealizada para aulas de dança, música, circo e outras atividades artísticas, possuindo 120 metros quadrados e entregue totalmente equipada com espelhos, barras, ganchos para atividades circenses e piso com amortecimento adequado. O investimento foi de R$ 297.664.91 mil.

Outro importante passo foi a contratação de empresa terceirizada de segurança patrimonial para o Teatro de Arena, com investimento de R$ 198.969,96 no contrato de 12 meses, que dará a segurança necessária ao patrimônio.

Já no mês de março, teve início a licitação do projeto executivo para a obra da Fábrica de Cultura 4.0, que será instalada na Casa da Cultura.

A aproximação com o governo do Estado e o amplo diálogo com a organização social responsável pelo projeto deram origem ao processo que trará para Ribeirão Preto o programa, que consiste em qualificar um equipamento cultural para receber projetos de formação cultural, artes e tecnologias de forma gratuita para a população, empregando equipe local para lecionar e desenvolver projetos de artes plásticas, artes cênicas, música (estúdio de gravação), robótica, games e programação.

O Investimento previsto é de R$ 8 milhões para adequação e mais de R$ 3 milhões anuais. O processo licitatório está em andamento, no valor estimado de R$ 413 mil reais.

foto arquivo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Bolsonaro na ONU: discurso sóbrio e responsável

‘Estávamos à beira do socialismo’, diz Bolsonaro em discurso na ONU Na abertura da Assembleia-Geral da entidade, presidente criticou lockdown e defendeu tratamento precoce contra a covid-19 O...

Corrente de Amor fomenta doações em prol do Hospital de Amor de Barretos

Facilidade de doação através de aplicativo e em pontos espalhados pelo Brasil, faz com que a campanha seja uma importante fonte de arrecadação para a instituição que operou com déficit mensal de mais de R$ 36 milhões em 2020

Primavera 2021: previsão geral para o Brasil

Primavera começa nesta quarta-feira (22). Crise hídrica e novo La Niña à vista. Quais as expectativas do clima para primavera 2021?

Bolsonaro faz abertura da assembleia geral da ONU logo mais por volta de 10 h

Na abertura da 76ª Assembleia Geral, expectativa é de que Bolsonaro use o púlpito para passar aos demais dirigentes mundiais um panorama do Brasil diferente do que os globalistas e velha mídia fazem.

Amazonas: governador se torna réu por desvio de recursos na pandemia

Se decidirem prender todos verdadeiros GE N0 C1 DAS, faltará cadeia. STJ aceitou hoje denúncia contra Wilson Lima e mais 13 pessoas
- PUBLICIDADE -