InícioLazer e CulturaDia do Circo será comemorado na Praça do Palhaço Piolin

Dia do Circo será comemorado na Praça do Palhaço Piolin

Atividades gratuitas acontecem no próximo sábado (26), a partir das 16h, e contemplam distribuição de poemas na bandeja (UEI), Varal de Poemas e declamações

- continua após a publicidade -

Atividades gratuitas acontecem no próximo sábado (26), a partir das 16h, e contemplam distribuição de poemas na bandeja (UEI), Varal de Poemas e declamações

No próximo sábado, 26 de março, a partir das 16h, a Praça Jair Yanni (Praça do Palhaço Piolin) recebe atividades gratuitas em comemoração ao Dia do Circo, data alusiva ao nascimento de Abelardo Pinto, o palhaço Piolin.

A homenagem, realizada pela Fundação Instituto do Livro, Alarp, ARL, Casa do Poeta e do Escritor, UEI, Ateliê Miguel Ângelo e Secretaria de Cultura e Turismo de Ribeirão Preto, contempla a distribuição de poemas na bandeja (UEI), Varal de Poemas e declamações. A atividade é gratuita e aberta, voltada a todo tipo de público.

De acordo com Cris Bezerra, presidente da Fundação Instituto do Livro de Ribeirão Preto, o intuito é reunir entidades e instituições em torno do legado do circo em Ribeirão Preto. “É uma alegria poder reunir instituições ligadas ao livro e à leitura, e também os apaixonados pela literatura, que de alguma forma poderão, através da arte, homenagear o palhaço Piolin e celebrar o Dia do Circo, comemorado no próximo domingo, como anualmente a Alarp vinha realizando”.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O Dia do Circo é uma data comemorativa nacional que celebra e homenageia o circo, esse importante lugar de cultura e lazer. A arte circense é bastante tradicional e se estabeleceu em nosso país em meados do século XIX. A data comemorativa é celebrada no dia 27 de março por conta do nascimento de Abelardo Pinto, conhecido como o palhaço Piolin.

Piolin fez muito sucesso na primeira metade do século XX, sobretudo durante a década de 1920, e ficou reconhecido como um dos grandes palhaços que já atuaram nos circos brasileiros.

Abelardo Pinto (Piolin) nasceu em Ribeirão Preto, em 27 de março de 1887, enquanto seus pais acompanhavam a caravana do circo em que trabalhavam.

Tendo Piolin nascido em uma família de artistas circenses, ele se envolveu com essa arte muito cedo. Desde criança, já realizava pequenos números como contorcionista e equilibrista, mas sua carreira tomou outros rumos quando ele se tornou palhaço, em 1917. Nessa ocasião, ele assumiu o nome artístico de palhaço Careca.

No começo da década de 1920, assumiu como palhaço no Circo Irmãos Queirolo, assumindo o lugar de Chicharrão, que havia desistido de sua posição por não receber um aumento salarial.

Careca então assumiu o nome artístico de palhaço Piolin e logo começou a fazer grande sucesso. A partir de 1925, associou-se ao Circo Alcebíades e passou a realizar apresentações frequentes no Largo do Paissandu, em São Paulo. O nome que ele adotou foi dado por um colega que zombava de suas pernas longas e finas. A palavra piolin é oriunda do espanhol e significa “barbante”.

As apresentações de Piolin, sobretudo durante sua fase no Largo do Paissandu, renderam-lhe reconhecimento pelo seu humor e pelas acrobacias que sabia realizar. Elas chamaram a atenção de pessoas importantes da época, como o presidente do Brasil de 1926 a 1930, Washington Luís.

As apresentações também chamaram a atenção dos modernistas, grupo intelectual de grande influência na época. Eles entendiam Piolin como uma representação do verdadeiro artista nacional, e nomes como Tarsila de Amaral e Mário de Andrade teceram elogios às apresentações do palhaço.

O apreço dos modernistas por Piolin era tão grande que eles decidiram homenageá-lo, em 1929, por meio do evento Banquete Antropofágico. Anos depois, no cinquentenário da Semana de Arte Moderna, em 1972, outra homenagem foi feita a ele. O Dia do Circo, portanto, estabeleceu-se como lembrança de um de seus grandes representantes, nascido no dia 27 de março e que orgulhosamente, é de Ribeirão Preto.

Jair Yanni, amiga do Palhaço, passou parte de sua vida tentando prestar uma justa homenagem ao amigo Piolin em Ribeirão Preto e, junto com o artista plástico Roberto Bérgamo, ambos da Alarp (Academia de Letras e Artes de Ribeirão Preto), criaram os poemas e as pinturas que hoje alegremente enfeitam a Praça do Palhaço, que leva o nome de Jair Yanni, na Avenida Presidente Vargas, entre as Ruas Mariano Pedroso de Almeida e Couto Magalhães.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -