InícioLazer e CulturaCoronavírus: Turismo já registra falência de 10% dos hotéis e 30% dos...

Coronavírus: Turismo já registra falência de 10% dos hotéis e 30% dos restaurantes

Somen­te em março, foram R$ 11,96 bilhões em perdas de receita, uma queda de 84% em relação ao mesmo período de 2019.

- continua após a publicidade -

Os setores de Turismo e Hospitalidade já amargam prejuízo

a Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) estima a falência de 10% dos hotéis, en­quanto a Confederação Nacio­nal do Turismo (CNTur) estima que 30% dos restaurantes e si­milares em toda a rede brasileira não suportarão a falta de clien­tes, totalizando cerca de 200 mil estabelecimentos fechando as portas, gerando uma onda ma­ciça de desemprego num curto espaço de tempo.

arquivo

Pesquisa da Confedera­ção Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) mostra que, somen­te em março, foram R$ 11,96 bilhões em perdas de receita, uma queda de 84% em relação ao mesmo período de 2019.

Uma das modalidades que vem mantendo o setor, o deli­very não é visto como uma so­lução definitiva por Solmucci.

Hotéis são os que mais sen­tem a crise

“Fomos os primeiros a sofrer com a pandemia e seremos os últimos a voltar à atividade nor­mal. Estimamos que mais de três mil hotéis e pousadas fechem as portas, durante essa crise, pelo alto custo de manutenção e fun­cionamento desse tipo de esta­belecimento”, explica.

S

Desemprego preocupa sindicatos

arquivo

. “Podemos ter até meio milhão de desempregados no Turismo e Hospitalidade, que engloba hotéis, restauran­tes, bares e toda uma cadeia do setor que dependem do turista e da circulação de pessoas para sobreviver. Vamos tentar mitigar ao máximo essa crise, mas é ine­vitável a grande perda de empre­gos”, alerta Wilson Pereira.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Guilherme Paulus, é sócio­-fundador da CVC, pede um alinhamento de municípios, estados e governo federal.

“Desses 500 milhões que a Embratur quer investir, uma grande parte precisa ficar na pu­blicidade interna. Além disso, é preciso criar subsídios para as companhias aéreas regionais, alinhando receptivo e hotéis junto ao ministério. Reunir ope­radoras para tarifas especiais, para termos um turismo interno forte. Estou disposto a criar isso e conto com a ajuda do Ministé­rio do Turismo”.

Imagem divulgação

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

A economia a “gente vê depois” leva mais de 2 milhões a extrema pobreza

Pelo menos 2 milhões de famílias brasileiras tiveram a renda reduzida e caíram para a extrema pobreza entre janeiro de 2019 e junho deste...

Quem foi vacinado com coronavac continua proibido de entrar em países que aceitam turistas

A santa medicação do Doria, continua proibida em vários países que já abriram suas fronteiras. E como ficam os imunizados que precisam viajar?

‘Sofrimento global’ faz buscas por ajuda emocional e prevenção ao suicídio aumentarem

Psicológicos relatam aumento de transtornos alimentares e psicológicos na pandemia e falam em ‘crises potencializadas’; Centro de Valorização da Vida registrou 147 mil atendimentos a mais apenas em 2020

Dirigente do Botafogo esquece a tradição e coloca o time entre os da várzea

Agora a torcida vai precisar trocar os bumbos e tambores por rosário, bíblia e agua benta, se não quiser estar ao lado do Leão

Governo federal anuncia dose de reforço para profissionais de saúde

Aplicação extra ocorrerá a partir de seis meses da imunização completa
- PUBLICIDADE -