InícioLazer e CulturaCentro Cultural Palace recebe exposição fotográfica “Devir”

Centro Cultural Palace recebe exposição fotográfica “Devir”

- continua após a publicidade -

No dia 18 de dezembro, às 18h, o Centro Cultural Palace abre as portas para a exposição fotográfica do artista brasileiro Wanderson Alves. Intitulada “Devir”, a mostra ficará aberta ao público até o dia 5 de janeiro de 2019.

Wanderson Alves é fotografo pós-graduado em Filosofia Contemporânea e Fotografia. Atualmente faz Mestrado em Estética e Estudos Artísticos – Fotografia e Cinema – na Universidade Nova de Lisboa, em Portugal.

O trabalho do artista foi publicado no livro Arte Brasileira na Contemporaneidade. Wanderson também participou de diversas exposições individuais e coletivas, entre as quais: Cidade (Re)Velada, em 2014 na cidade de Phoenix, Arizona USA, onde também realizou Residência Artística, através de uma parceria com o Phoenix Institute of Contemporary Art (PHICA). Na sequência, uma das fotografias de Wanderson foi escolhida para fazer parte do acervo permanente do Mesa Contemporary Arts Museum.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Devir” por Ted G. Decker
Ted G. Decker, diretor, curador e cofundador do Instituto Phoenix de Arte Contemporânea, nos Estados Unidos, descreve da seguinte maneira o trabalho do fotografo brasileiro:

Em “Devir”, Wanderson Alves expõe e partilha a sua visão pessoal do conceito filosófico de “tornar-se” – em evolução pessoal – com a apresentação de fotos que entrelaçam sentimentos pessoais, com experiências de vida e ideias filosóficas, que acabam por resultar em ricas tapeçarias fotográficas.

Formalmente, Wanderson Alves utiliza, com habilidade, processos fotográficos tradicionais a partir de preferências pessoais e de anos de experiência em trabalhos com agências fotográficas comerciais no Brasil. Os seus tons de preto são ricamente profundos, expressando a profundidade da solidão e de mundos interiores, enquanto definem e moldam a imagem geral. Os tons de cinza são requintados e proporcionam ao espectador a passagem para zonas intermédias – que ficam entre extremos e incongruências, paixão e angústia, amor e perda, e aquele espaço limiar onde a maioria das coisas acontece na vida, de onde a maioria dos sentimentos emana, onde a maioria dos pensamentos é desencadeada.

Wanderson Alves oferece ao espectador a oportunidade de se distanciar da informação tão amplamente difundida, quanto muitas vezes falsa, oriunda das cadeias noticiosas, que nos chega 24 horas por dia e também do bombardeamento implacável e pouco genuíno das inflacionadas afirmações bidimensionais que a Publicidade nos transmite sobre o que entende ser o belo.

O caminho para o “DEVIR” pode ser árduo, doloroso e frustrante, mas também esclarecedor e abençoado, o que constitui a recompensa de se correr riscos.

“Devir” por Marcos Pizano
O jornalista e consultor, Marcos Pizano, também escreveu sobre o projeto de Wanderson Alves:

As narrativas visuais do artista, em constante processo de pesquisa, buscam estimular a reflexão do público por intermédio de uma poética singular e de uma linguagem sofisticada.

Esta jornada imprime em cada imagem um instigante mistério: o desvelar sem descrever. É o registro do profundo desconforto do olhar sobre o inefável, com a lente da arte, que provoca um atraente estranhamento nas suas imagens.

Serviço
Exposição fotográfica “Devir”

Data: 18/12/18 a 05/01/19
Local: Centro Cultural Palace – Rua Álvares Cabral, 322
Entrada gratuita

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -