InícioEsportesFutebolTorcida é liberada nos estádios do Rio

Torcida é liberada nos estádios do Rio

O decreto cita o retorno das torcidas nos estádios em países como Rússia, Dinamarca e Suíça para embasar a liberação.

- continua após a publicidade -

O governador do Rio, Cláudio Castro (PSC) assinou decreto nesta quinta-feira, 24, permitindo o retorno do público aos estádios do Estado.

Apenas 30% da capacidade dos espaços poderão ser ocupadas, será necessário medir a temperatura das pessoas que forem entrar nos locais das partidas e álcool em gel deverá ser distribuído a todos. A distância entre as pessoas deverá ser de, pelo menos, dois metros.

Ainda será exigido que se cumpra o Plano de Retorno dos Torcedores aos Estádios de Futebol elaborado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e um protocolo rígido de segurança deverá ser avaliado e aprovado pelas autoridades 72 horas antes de cada partida.

O descumprimento das regras levará a uma multa de R$ 5 mil ou ao fechamento do estádio por 15 dias corridos.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O decreto cita o retorno das torcidas nos estádios em países como Rússia, Dinamarca e Suíça para embasar a liberação.

A CBF realizará uma reunião com os 20 clubes da série A para discutir o assunto. Contudo, a maioria já aponta que só aceitará o retorno das torcidas quando isso for possível em todos os Estados, não somente no Rio.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -