InícioFutebolBotafogoBotafogo empata com o Náutico no Santão

Botafogo empata com o Náutico no Santão

Perdendo oportunidade de sair da area de sufoco dentro de casa, o pantera corre risco de voltar a serie C, já em 2021

- continua após a publicidade -

O Botafogo saiu na frente, criou oportunidades de gol para ampliar, mas empatou com o Náutico por 1 a 1, neste domingo (13), no Estádio Santa Cruz, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O gol do time botafoguense foi marcado por Matheus Anjos, aos 46 minutos da etapa inicial. Paiva, aos 33 minutos do segundo tempo, deixou tudo igual. 

Com o resultado, o Tricolor chegou a 24 pontos –sete a menos do que o Figueirense, o primeiro clube fora da zona de rebaixamento. 

Agora, o Pantera volta a campo para enfrentar o Brasil de Pelotas na quarta-feira (16), às 16h30, no Estádio Bento Freitas, em Pelotas. 

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O JOGO

Com o objetivo de conquistar a segunda vitória consecutiva, o Botafogo entrou em campo com três mudanças em relação ao último jogo. Ronald e Michel Douglas substituíram Rafinha, lesionado, e Tanque, que não teve seu contrato renovado. A terceira mudança foi a presença de Jeferson na lateral. Ele entrou no lugar de Jonata Machado. Assim, Raniele formou a dupla de volantes com Val. 

O Tricolor criou a primeira oportunidade de gol. Logo no minuto inicial, Wesley Pionteck escapou pela esquerda e rolou para Matheus Anjos, que tentou o cruzamento, mas a zaga adversária cortou na pequena área. 

No primeiro tempo, o camisa 10 apareceu mais duas vezes. Aos 24, Wesley Pionteck recebeu na esquerda e rolou para Matheus Anjos, que da entrada da área tentou colocar no canto. A bola passou raspando a trave. Na outra chance, o meia não perdoou. Após boa troca de passes, Ronald levantou na cabeça de Anjos, que mandou para o gol e fez 1 a 0. 

Já o Náutico, que teve mais posse de bola, criou uma grande oportunidade. Aos 35, Vinícius ganhou de Guilherme Romão, invadiu a área e bateu cruzado. A bola raspou a trave. 

No segundo tempo, o Botafogo explorou as jogadas em velocidade e criou várias chances. Aos 5 minutos, Wesley Pionteck escapou pela direita e cruzou. Jeferson ficou com a sobra e chutou na direção de Matheus Anjos, que desviou com o peito e acertou o travessão.

Quatro minutos depois, Ronald exigiu boa defesa do goleiro Anderson. O camisa 31 teve nova oportunidade quando recebeu de Judivan, invadiu a área, mas chutou para fora. 

Na sequência, os visitantes empataram. A bola foi levantada para Dada, que dominou e bateu forte para dentro da área. Paiva só escorou para as redes: 1 a 1. 

O Tricolor não desistiu e ainda ameaçou Judivan e Ortega, mas não conseguiu marcar o gol da vitória. 

BOTAFOGO X NÁUTICO
LOCAL:
 Estádio Santa Cruz
DATA:13 de dezembro, domingo
HORÁRIO: 18h15 (de Brasília)
ÁRBITRO: Rodrigo Batista Raposo 
ASSISTENTES: Leila Naira e Kleber Alves
CARTÕES AMARELOS: Val e Róbson (Botafogo); Bryan, Jhonnatan, Vinícius e Kevyn (Náutico)
CARTÃO VERMELHO:
GOLS:
 Matheus Anjos, aos 46 minutos do primeiro tempo (Botafogo); 
BOTAFOGO: Darley; Jeferson, Róbson, Maia e Romão; Raniele (Dodô), Val e Matheus Anjos (Bady); Wesley Pionteck (Cássio Ortega), Michel Douglas (Judivan) e Ronald. Treinador: Moacir Júnior
NÁUTICO: Anderson; Hereda, Camutanga, Ronaldo Alves (Rafael Ribeiro) e Kevyn; Djavan (Dadá) Rhaldney (Jhonnatan) , Vinícius (Erik), Jean Carlos (Ruy); Bryan e Paiva. Treinador: Hélio dos Anjos    

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Nova data do Kiss em Ribeirão Preto – Dia 1º de maio de 2022

Os ingressos já adquiridos seguem válidos para a nova data, portanto, não há necessidade de troca ou substituição.

Inscrições para o Sisu começam nesta terça-feira

Prazo para o segundo processo seletivo de 2021 termina no dia 6

Oportunidade de 220 vagas de emprego para diversas áreas

De janeiro a junho deste ano, Ribeirão Preto registrou saldo de 6.955 novos registros em carteira de trabalho, ficando na 6º posição no Estado de São Paulo

GCM recebe 20 armas para uso em patrulhamento

Spark permite imobilizar o infrator sem a necessidade de uso de força
- PUBLICIDADE -