InícioEsportesEm sua ultima corrida Usain Bolt é superado por Tyson Gay

Em sua ultima corrida Usain Bolt é superado por Tyson Gay

- continua após a publicidade -

O velocista jamaicano Usain Bolt, recordista mundial dos 100 e 200 metros rasos, perdeu uma invencibilidade de dois anos após ser derrotado pelo norte-americano Tyson Gay nesta sexta-feira, na etapa de Estocolmo da Liga Diamente de Atletismo. O norte-americano cronometrou o tempo de 9s84 nos 100m rasos, contra 9s97 do jamaicano.
Richard Thompson, de Trinidad e Tobago, ficou com o terceiro lugar no pódio (10s10).

A prova aconteceu na mesma pista onde Bolt havia sido derrotado pela última vez, em 22 de julho de 2008, por seu compatriota Asafa Powell por apenas um centésimo de segundo.

Desta vez, Gay largou na frente e dominou toda a prova.
Longe de sua melhor forma, Bolt chegou em segundo lugar, 13 centésimos de segundo atrás do norte-americano.
Powell, que dividia com Bolt a melhor marca do ano (9s82), não competiu por causa de uma lesão nas costas.

Foi a primeira vez que Gay e Bolt se enfrentaram desde o Campeonato Mundial de Atletismo, em 2009.
Na ocasião, no Estádio Olímpico de Berlim, o jamaicano estabeleceu o atual recorde mundial da prova, com o tempo de 9s58, enquanto o norte-americano ficou com a medalha de prata, com o tempo de 9s71, sua melhor marca até então, que depois cairia para 9s69.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Usain Bolt, velocista jamaicano, multicampeão olímpico e mundial.
É o único atleta na história do atletismo a tornar-se tricampeão em duas modalidades de pista em Jogos Olímpicos de forma consecutiva (100 metros rasos e 200 metros rasos) e bicampeão também de forma consecutiva na modalidade revezamento 4 x 100 metros.
É também o único atleta a conquistar oito medalhas de ouro em provas de velocidade, sendo dez vezes campeão mundial.

É considerado o homem mais rápido do mundo, e suas conquistas no atletismo o fizeram ser chamado de Lightning Bolt (relâmpago, raio) pela imprensa internacional. Entre os muitos prêmios que já recebeu, tem como mais expressivos os de Atleta do Ano da IAAF e o Laureus World Sportsman of the Year, que recebeu por quatro vezes. Entre as honrarias que recebeu fora do atletismo estão a (OJ) Ordem da Jamaica e a (OD) Ordem de Distinção, outorgadas pelo governo do seu país.

O mais bem pago atleta da história do atletismo recebendo de acordo com a Forbes 20,3 milhões de dólares por ano, ele é considerado por Jacques Rogge, ex-presidente do Comitê Olímpico Internacional, por especialistas e por ex-atletas, como uma lenda viva e o maior velocista de todos os tempos.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Amazonas: governador se torna réu por desvio de recursos na pandemia

Se decidirem prender todos verdadeiros GE N0 C1 DAS, faltará cadeia. STJ aceitou hoje denúncia contra Wilson Lima e mais 13 pessoas

Novo Agendamento será aberto nesta terça-feira, dia 21 de setembro

Serão disponibilizadas 13.800 vagas para vacinação que acontecerá na quarta-feira, dia 22 de setembro

Ribeirão Preto esta de luto pela perda de um herói

Um bombeiro morreu e outro ficou ferido após um guindaste tombar na noite desta segunda-feira (20) em um condomínio de Jardinópolis (SP). A informação...

Após quarentena escolar mais longa do mundo alunos da rede municipal retornam às salas de aula

Cerca de 13 mil alunos voltaram às escolas nesta segunda-feira (20); somente profissionais imunizados há mais de 14 dias estão nos ambientes escolares

Ribeirão Preto recebe espetáculo de teatro em cordel

Projeto cultural Viva o Cordel traz Mariane Bigio em uma produção para todas as idades
- PUBLICIDADE -