InícioEsportesAtleta de Ribeirão Preto corre segunda etapa da Copa Brasil de Paraciclismo

Atleta de Ribeirão Preto corre segunda etapa da Copa Brasil de Paraciclismo

- continua após a publicidade -

O bom início na Copa Brasil de Paraciclismo – quando, no final de junho, em Indaiatuba, pela primeira etapa da competição, cravou as terceiras colocações nas provas de Estrada e de Contrarrelógio – colocaram Mariana Garcia, atleta da Equipe de Ribeirão Preto (São Francisco Saúde/Klabin/SME), na rota da briga pelo título do mais importante torneio da modalidade no País.

E neste final de semana, entre sexta (18) e domingo (20), ela parte para a segunda etapa das corridas, em Goiânia-GO, em busca de novos pódios para se firmar ainda mais como pleiteante ao posto de principal atleta da categoria Handibike H3 no Brasil. Para tanto, ela terá de driblar uma pequena dor no ombro esquerdo e fazer bons tempos na capital goiana.

“Estou tratando, três vezes por semana, com fisioterapia. Mas mesmo assim estou confiante em fazer uma boa prova e me manter entre as melhores. Treinei, fiz dieta, fui à academia e farei o meu melhor em Goiânia”, relata.

A ribeirão-pretana de 23 anos terá, além de Goiânia, mais duas oportunidades para manter a regularidade na competição, visto que, segundo calendário da CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo), as etapas restantes da Copa Brasil serão nos dias 20/10, em Aracajú-SE, e 01/12, em Curitiba-PR ou no Rio de Janeiro (a ser definido pela CBC). “Em Goiânia as provas serão no Velódromo e espero um circuito mais plano do que Indaiatuba, quando tivemos duas provas bem difíceis, com circuito de nível internacional e subidas íngremes”, relembra.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Mariana foi vice-campeã da Copa Brasil em 2015 tendo conquistado medalhas em todas as etapas do torneio. No ano passado, após pódios em também nas quatro etapas, terminou a temporada como a segunda melhor paraciclista no Ranking Nacional.

Em 2017, ela também estreou em nível estadual: faturou medalha de ouro no GP de Caraguatatuba, pela segunda etapa do Campeonato Paulista, e tem chances de se tornar campeã dependendo do resultado da terceira e última etapa, no dia 17 de setembro, em local ainda a ser definido pela FPC (Federação Paulista de Ciclismo).

A atleta Mariana Garcia tem o apoio e patrocínio do treinador Thiago Faria, da SNC Fiúsa Suplementos, do Nutricionista Lucas Belisário, do Shopping Santa Úrsula, da academia Smart Fit e da Clínica Collucci.

A Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto tem como patrocinadores a São Francisco Saúde, Klabin, Specialized e Usina Batatais, copatrocinadores a Passaredo e AOO Energia e o apoio da Secretaria Municipal de Esportes de Ribeirão Preto, Botafogo Futebol Clube, Clínica Collucci, Savegnago Supermercados, Cuida Bem, Santa Helena, ERT Uniformes, Goal Projetos, Passalacqua, Nutrigesso, OCE, Riberball, Balões Pic-Pic, TGM e Nacional Inn.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Bolsonaro na ONU: discurso sóbrio e responsável

‘Estávamos à beira do socialismo’, diz Bolsonaro em discurso na ONU Na abertura da Assembleia-Geral da entidade, presidente criticou lockdown e defendeu tratamento precoce contra a covid-19 O...

Corrente de Amor fomenta doações em prol do Hospital de Amor de Barretos

Facilidade de doação através de aplicativo e em pontos espalhados pelo Brasil, faz com que a campanha seja uma importante fonte de arrecadação para a instituição que operou com déficit mensal de mais de R$ 36 milhões em 2020

Primavera 2021: previsão geral para o Brasil

Primavera começa nesta quarta-feira (22). Crise hídrica e novo La Niña à vista. Quais as expectativas do clima para primavera 2021?

Bolsonaro faz abertura da assembleia geral da ONU logo mais por volta de 10 h

Na abertura da 76ª Assembleia Geral, expectativa é de que Bolsonaro use o púlpito para passar aos demais dirigentes mundiais um panorama do Brasil diferente do que os globalistas e velha mídia fazem.

Amazonas: governador se torna réu por desvio de recursos na pandemia

Se decidirem prender todos verdadeiros GE N0 C1 DAS, faltará cadeia. STJ aceitou hoje denúncia contra Wilson Lima e mais 13 pessoas
- PUBLICIDADE -