InícioEspeciaisFestival TanabataA polêmica do Tanabata é explicada nas redes sociais de Dulce Neves

A polêmica do Tanabata é explicada nas redes sociais de Dulce Neves

- continua após a publicidade -

esclarecimento_dulce_neves_tanabataA secretária da cultura de Ribeirão Preto, Dulce Neves, na noite desta terça-feira, 17, por meio de uma publicação em sua página pessoal do Facebook, esclareceu algumas questões sobre o cancelamento do 23º Festival Tanabata de Ribeirão Preto, que vem causando indignação em grande parte da população.

Segundo a secretária, o evento é particular e de cunho lucrativo, e não cabe ao poder público arcar com os custos do festival.

“O Festival Tanabata é um evento particular, realizado pela Associação Cultural Japonesa e Associação Nipo Brasileira com obtenção de lucro, ou seja, as barracas de alimentos e presentes são sublocadas para expositores, que lucram com as vendas”,

explica Dulce Neves.

A secretária também esclarece que a Secretaria da Cultura, além de promover a cultura japonesa com um apoio estrutural de R$ 50 mil para a realização do evento, ainda disponibiliza funcionários publicos para auxiliar na organização e na divulgação do evento.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Dulce finaliza a publicação dizendo que mesmo com a dificuldade financeira que o poder público está passando, se manteve o mesmo valor destinado ao festival.

“Apesar de toda a dificuldade financeira atual do poder público, mantivemos o mesmo valor destinado ao festival no ano passado. Estamos e sempre estaremos abertos para apoiar o festival Tanabata e outras atividades artísticas e culturais da cidade”,

finaliza.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -