InícioEspeciaisRodeio de BarretosResgate da cultura boiadeira vira espetáculos que serão apresentados na Festa do...

Resgate da cultura boiadeira vira espetáculos que serão apresentados na Festa do Peão de Barretos

- continua após a publicidade -

“Um povo sem memória é um povo sem história”. A célebre frase da historiadora e professora Emília Viotti da Costa é levada a sério pela organização da Festa do Peão de Barretos. Evento considerado o maior do gênero na América Latina, chega à sua 62ª edição, e acontece de 17 a 27 de agosto no município localizado no interior de São Paulo (428 quilômetros da capital paulista). A cultura sertaneja é mantida e relembrada em diversos momentos da programação da Festa e este ano a celebração das memórias ganhou ainda mais espaço.

A cada ano um espetáculo artístico é criado para a abertura do Barretos International Rodeo, competição que reúne os melhores competidores do Brasil e também as grandes estrelas do rodeio internacional em quatro dias de montarias – de 24 a 27 de agosto. E, para 2017, os organizadores prepararam um espetáculo que resgata as tradições caipiras e ressalta a importância da nova geração para a manutenção da história.

arquivo pessoal

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Na quinta-feira, dia 24, crianças com idades entre 6 e 11 anos serão os responsáveis pela abertura. Mais de 50 pequenos artistas compõem o grupo que contêm berranteiros, grupo de catira, comitiva de queima do alho, orquestra de violeiros, cantores sertanejos e também competidores de rodeio em carneiros (a modalidade infantil disputada na Festa). “Será uma grande comemoração da nossa tradição em uma apresentação que promete emocionar o público presente”, declarou Hussein Gemha Junior, presidente da Associação Os Independentes, organizadora da Festa.

Na sexta-feira, dia 25, o tema será a superação contado pelo Cavaleiro das Américas Filipe Leite, jornalista que já cruzou três continentes a cavalo (do Canadá ao Brasil) e ainda viajou de Barretos até Ushuaia, na Patagônia, também chamada de “o fim do mundo”. Junto com ele estarão na arena os competidores que a cada montaria, que dura apenas 8 segundos, superam medos e dificuldades em busca do sonho de ser campeão. Crianças em tratamento no Hospital do Câncer de Barretos e que já venceram a doença farão uma apresentação musical durante o espetáculo de abertura.

Fechando a programação, no sábado, dia 26, um pedaço da história do Brasil será contado na arena de rodeio. Uma comitiva, formada por 20 boiadeiros e 35 animais, representará os peões que cruzavam o país levando as boiadas para os frigoríficos localizados em cidades do interior, incluindo Barretos, daí a origem da Festa do Peão. “Estamos ansiosos por este momento e temos certeza que o público irá se encantar ao ver tantas gerações envolvidas na realização desta bela homenagem aos nossos pioneiros que são a nossa maior inspiração. O segredo hoje do nosso evento é não deixar morrer essa cultura, mesmo agregando novas propostas à programação”, afirma o presidente.

arquivo pessoal

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Homem completamente vacinado, voltou da China, ficou no hotel de quarentena e quando saiu descobriram que tinha Covid

Caso ocorreu na Austrália. A diretora de saúde, Jeannette Young, disse que ele teve três testes negativos antes de sair da quarentena.

Inscrições para o Fies do segundo semestre têm início hoje (27)

O novo Fies é um modelo de financiamento estudantil que divide o programa em diferentes modalidades, possibilitando juros zero

Ítalo Ferreira conquista 1º ouro olímpico do surfe para o Brasil

"Eu vim com uma frase para o Japão: "diz amém que o ouro vem". Treinei muito nos últimos meses e Deus realizou o meu sonho, de me dar a oportunidade de fazer o que eu amo.

Justiça obriga Globo a publicar direito de resposta a Ana Paula Henkel por ofensas proferidas por Walter Casagrande

Casagrande publicou texto alegando que "uma pessoa intragável, prepotente, arrogante, defensora de armas, que se disfarçou de jogadora de vôlei"

Saúde distribui mais 10 milhões de vacinas para todo o país

De acordo com a pasta, serão distribuídas 4,8 milhões de doses da AstraZeneca, 3,3 milhões da Coronavac e 2,1 milhões da Pfizer.
- PUBLICIDADE -