InícioEspeciaisRodeio de Barretos"Alma de Peão", de Márcio Cintra, é a obra que ilustra o...

“Alma de Peão”, de Márcio Cintra, é a obra que ilustra o cartaz da 63ª Festa do Peão de Barretos

- continua após a publicidade -

O artista plástico mineiro Márcio Cintra é o autor da obra “Alma de Peão” que irá ilustrar o cartaz do artista da 63ª Festa do Peão de Barretos. A tela destaca o competidor de rodeio no centro com um olhar determinado e punho cerrado em uma alusão à força e fé que os atletas levam para a arena. Atrás dele, representando asas, surgem o touro e o cavalo que ilustram a magia dos 8 segundos que separam o peão da glória ou da derrota na montaria.

Autodidata, Márcio iniciou seu trabalho artístico estudando a obra de grandes mestres como Velásquez, Chardin, Manet e, principalmente, Rembrandt, além de outros mestres holandeses dos séculos XVII e XVIII. Carrega como característica de suas criações um estilo moderno e arrojado, trabalhando principalmente com a figura humana.

Cintra conta que tentou fugir do padrão da imagem de montaria quando criou a tela. “Minha primeira ideia era fugir do padrão “competidor montando no boi/cavalo”, mas representar a força, determinação e fé do peão colocando-o no centro para mostrar o que ele realmente é, a alma do rodeio. A tela foi trabalhada no meu estilo figurativo/realista, com muita cor e liberdade nas pinceladas e outras formas de aplicar as tintas”, conta.

O cartaz do artista é uma tradição no evento considerado o maior do gênero na América Latina. Desde 1955 grandes nomes das artes plásticas criam obras exclusivas para o cartaz que divulga a Festa em todo o país. Oscar Niemeyer, Tomie Ohtake, Manabu Mabe, Ziraldo, Romero Brito, Hans Donner e Siron Franco estão entre os autores de cartazes do evento que também foi assinado por artistas barretenses como Conceição Borges, Justus Aguilera e Dado Stuart e Renato Amysi.

Márcio Cintra afirma que entrar para uma galeria que tem nomes tão importantes da arte brasileira é um privilégio: “foi uma satisfação, e claro, muita honra receber esse convite. Como mineiro, desde criança convivi e aprendi muito sobre o mundo do rodeio sabendo da importância de Barretos para esse universo. É uma responsabilidade imensa, mas que abracei com muito entusiasmo”.

“É uma honra para nós termos em nossa história tantos grandes artistas, mas somos muito gratos também por encontrar em nosso caminho talentos especiais e que conseguem retratar com seu dom e com carinho a alma desse evento que é a cara do Brasil”, explica Mussa Calil Neto, da Associação Os Independentes, um dos responsáveis pela escolha do artista.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O presidente de Os Independentes Ricardo Rocha ressaltou a importância de dar continuidade a esse projeto que valoriza o trabalho dos artistas.

“É uma oportunidade de junto com nosso evento, conhecido no mundo inteiro, levarmos também o nome de nossos artistas e mostrar a força da criatividade e do talento brasileiros”, declara.

A 63ª Festa do Peão de Barretos acontece de 16 a 26 de agosto. A programação completa e venda de ingressos estão disponíveis no site www.independentes.com.br

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -