Início Especiais Fenasucro Renovabio é destaque durante a abertura da 25ª FENASUCRO E AGROCANA

Renovabio é destaque durante a abertura da 25ª FENASUCRO E AGROCANA

- continua após a publicidade -

A edição que marca os 25 anos da FENASUCRO & AGROCANA também deve entrar para a história do setor sucroenergético com o Renovabio. O programa do Governo Federal que visa estimular a produção de etanol e biocombustíveis no Brasil foi destaque durante a abertura do evento, na tarde desta terça-feira (22), em Sertãozinho.

O Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, e as principais autoridades ligadas ao setor sucroenergético do País discursaram sobre os benefícios que o programa irá trazer para a cadeia produtiva da cana-de-açúcar. “O Renovabio vai trazer o fortalecimento da energia renovável, do etanol e de todo o setor”, disse o governador na cerimônia de abertura da FENASUCRO & AGROCANA.

Elizabeth Farina, presidente da UNICA (União da Indústria de Cana-de-Açúcar) e presidente de honra da FENASUCRO, vê no Renovabio a possibilidade da previsibilidade do etanol na matriz energética brasileira e destravar os investimentos para a ampliação da oferta. “Isso vai gerar novas tecnologias, novas usinas e otimizar a capacidade atual”, afirmou. E nesse cenário, Beth Farina disse que a FENASUCRO & AGROCANA se destaca ao oferecer produtos e soluções que são a base para o crescimento do setor.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Para Antonio Eduardo Tonielo, presidente da Copercana (Cooperativa dos Plantadores de Cana do Oeste do Estado de São Paulo) e presidente de honra da AGROCANA, em seus 25 anos de história, a feira ajudou o setor sucroalcooleiro a se desenvolver. E com o Renovabio, um novo ciclo de crescimento para o etanol deve começar.

O gerente geral da FENASUCRO & AGROCANA, Paulo Montabone, também ressaltou o protagonismo do evento na atualização tecnológica do setor. “É a reunião de toda a cadeia produtiva em um só lugar”, disse. Para Aparecido Luiz, presidente do CEISE Br (Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis), a feira, considerada um marco para o setor sucroenergético, estimula a indústria e abre mercados, ao ser palco também de discussões sobre políticas públicas, como o Renovabio. “Com o programa, o Brasil pode fazer sua parte na produção de combustíveis renováveis e buscar ainda mais desenvolvimento”, disse.

O Secretário da Agricultura do Estado, Arnaldo Jardim, disse que o programa entra para a história porque já une e setor e mobiliza toda a cadeia produtiva. “O setor é moderno e inovador. Se orgulha do que já fez e do que será capaz de fazer.”

Participaram da solenidade de abertura Guilherme Nastari (diretor DATAGRO); Fernando Fischer (Presidente Reed Exhibitions Alcantara Machado); Edivaldo Del Grande (Presidente OCESP); Welson Gaparini (Deputado Estadual); Aldo Rebelo (Ex-ministro); Ricardo Salles (Secretário Estadual de Meio Ambiente); Duarte Nogueira (Prefeito de Ribeirão Preto), Zezinho Gimenes (Prefeito de Sertãozinho); André Rocha (Presidente do Fórum Nacional Sucroenergético); Plínio Nastari (DATAGRO); Miguel Ivan de Lacerda (Diretor do Departamento de Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia) e José Mauro Coelho (Diretor da Empresa de Pesquisa Energética – EPE).

E o Renovabio também será destaque durante as 300 horas de eventos de conteúdo na FENASUCRO & AGROCANA, até sexta-feira (25). Neste ano, a feira tem expectativa de gerar R$ 3,1 bilhões em negócios, com mil marcas expositoras e 35 mil visitantes. O evento é realizado no Centro de Eventos Zanini, em Sertãozinho.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com R$ 166 milhões em caixa, prefeitura gastou 0,65% com medicamentos para Covid

Quebrar o pequeno comerciante e fazer obras faraônicas, é a marca deste prefeito que se mostra um capacho do governo de SP

Ribeirão Preto abre hoje (17) agendamento para 2ª dose da CoronaVac em idosos de 69 a 71 anos

Cadastro pode ser feito pela internet ou por telefone. Ao todo, são 13,1 mil vagas disponíveis.

Novos exames mostram que câncer se espalhou pelo corpo de Covas

O câncer atingiu fígado e ossos, em 2019 foi descoberto um tumor no estômago, mas sofreu metástase e se espalhou

Ribeirão Preto já aplicou mais de 133 mil doses de vacina contra a Covid-19

Aproximadamente 47 mil munícipes, entre profissionais da saúde e idosos, já receberam a segunda dose da imunização

Fase Doria: Nem laranja, nem vermelha. Medo de sair do armário

A fase Doria é aquela que não sai do armário, não é vermelha e não é laranja, mas como quarentena só aumentou os casos, eles decidiram voltar voltar atrás, mas não muito
- PUBLICIDADE -