InícioEspeciaisFenasucroRenovabio é destaque durante a abertura da 25ª FENASUCRO E AGROCANA

Renovabio é destaque durante a abertura da 25ª FENASUCRO E AGROCANA

- continua após a publicidade -

A edição que marca os 25 anos da FENASUCRO & AGROCANA também deve entrar para a história do setor sucroenergético com o Renovabio. O programa do Governo Federal que visa estimular a produção de etanol e biocombustíveis no Brasil foi destaque durante a abertura do evento, na tarde desta terça-feira (22), em Sertãozinho.

O Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, e as principais autoridades ligadas ao setor sucroenergético do País discursaram sobre os benefícios que o programa irá trazer para a cadeia produtiva da cana-de-açúcar. “O Renovabio vai trazer o fortalecimento da energia renovável, do etanol e de todo o setor”, disse o governador na cerimônia de abertura da FENASUCRO & AGROCANA.

Elizabeth Farina, presidente da UNICA (União da Indústria de Cana-de-Açúcar) e presidente de honra da FENASUCRO, vê no Renovabio a possibilidade da previsibilidade do etanol na matriz energética brasileira e destravar os investimentos para a ampliação da oferta. “Isso vai gerar novas tecnologias, novas usinas e otimizar a capacidade atual”, afirmou. E nesse cenário, Beth Farina disse que a FENASUCRO & AGROCANA se destaca ao oferecer produtos e soluções que são a base para o crescimento do setor.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Para Antonio Eduardo Tonielo, presidente da Copercana (Cooperativa dos Plantadores de Cana do Oeste do Estado de São Paulo) e presidente de honra da AGROCANA, em seus 25 anos de história, a feira ajudou o setor sucroalcooleiro a se desenvolver. E com o Renovabio, um novo ciclo de crescimento para o etanol deve começar.

O gerente geral da FENASUCRO & AGROCANA, Paulo Montabone, também ressaltou o protagonismo do evento na atualização tecnológica do setor. “É a reunião de toda a cadeia produtiva em um só lugar”, disse. Para Aparecido Luiz, presidente do CEISE Br (Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis), a feira, considerada um marco para o setor sucroenergético, estimula a indústria e abre mercados, ao ser palco também de discussões sobre políticas públicas, como o Renovabio. “Com o programa, o Brasil pode fazer sua parte na produção de combustíveis renováveis e buscar ainda mais desenvolvimento”, disse.

O Secretário da Agricultura do Estado, Arnaldo Jardim, disse que o programa entra para a história porque já une e setor e mobiliza toda a cadeia produtiva. “O setor é moderno e inovador. Se orgulha do que já fez e do que será capaz de fazer.”

Participaram da solenidade de abertura Guilherme Nastari (diretor DATAGRO); Fernando Fischer (Presidente Reed Exhibitions Alcantara Machado); Edivaldo Del Grande (Presidente OCESP); Welson Gaparini (Deputado Estadual); Aldo Rebelo (Ex-ministro); Ricardo Salles (Secretário Estadual de Meio Ambiente); Duarte Nogueira (Prefeito de Ribeirão Preto), Zezinho Gimenes (Prefeito de Sertãozinho); André Rocha (Presidente do Fórum Nacional Sucroenergético); Plínio Nastari (DATAGRO); Miguel Ivan de Lacerda (Diretor do Departamento de Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia) e José Mauro Coelho (Diretor da Empresa de Pesquisa Energética – EPE).

E o Renovabio também será destaque durante as 300 horas de eventos de conteúdo na FENASUCRO & AGROCANA, até sexta-feira (25). Neste ano, a feira tem expectativa de gerar R$ 3,1 bilhões em negócios, com mil marcas expositoras e 35 mil visitantes. O evento é realizado no Centro de Eventos Zanini, em Sertãozinho.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech

Multas no corredor de onibus da Vargas começa nesta Segunda-feira (4)

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, transitar pela faixa exclusiva de ônibus é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Congresso mundial online reunirá milhões de pessoas para falar sobre “paz”

Como sentir paz e tranquilidade apesar dos desafios provocados pelo aumento do custo de vida, da violência, dos desastres naturais, do ódio e das guerras?

Cai quem quer: Rio de Janeiro confirma quinto caso de varíola dos macacos

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro confirmou hoje (29) o quinto caso de varíola dos macacos (monkeypox) no estado. Segundo nota divulgada pela...
- PUBLICIDADE -