Início Especiais Agrishow Estado de São Paulo é pioneiro em sistema de distribuição de biogás

Estado de São Paulo é pioneiro em sistema de distribuição de biogás

- continua após a publicidade -

O Governo de São Paulo fechou uma parceria que garante a dois municípios paulistas o pioneirismo em sistemas de distribuição de biometano no país. Pelo acordo firmado com a iniciativa privada, os municípios de Presidente Prudente e Pirapozinho poderão usar gás gerado a partir dos resíduos da cana-de-açúcar. Na primeira etapa, a estimativa é que 230 mil pessoas sejam beneficiadas com a medida.

“Essa ação inédita ajuda no modelo de gestão e contribui numa relação de coalizão para melhorar a qualidade de vida das pessoas que vivem na cidade e no campo”, comentou o governador João Doria.

As empresas parceiras no projeto são a GasBrasiliano, responsável pela distribuição de gás natural na região noroeste paulista, e a Usina Cocal. O gás será gerado no processamento de resíduos como bagaço, vinhaça e palha da cana. A distribuidora vai investir R$ 30 milhões no projeto, e outros R$ 130 milhões virão da usina para a produção do combustível.

“Será possível explorar uma nova forma de energia. O objetivo é transformar resíduos do processamento da cana-de-açúcar em biometano e promover o desenvolvimento sustentável. Poderemos gerar emprego e renda e também contribuir com o meio ambiente”, disse o Secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido.

A GasBrasiliano construirá 65 quilômetros de rede de distribuição, que levará o biometano da Usina Cocal, no município paulista de Narandiba, até Presidente Prudente, para atender residências, comércios, indústrias e veículos leves e pesados movidos a GNV, além de fomentar a expansão da rede em regiões mais distantes. A estimativa é que a operação comece no segundo semestre de 2020.

“O projeto viabilizará a chegada do gás a novos municípios a partir de uma nova fonte de suprimento“, afirmou o diretor-presidente da GasBrasiliano, Walter Fernando Piazza Júnior.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O diretor-superintendente da Cocal, Paulo Zanetti, declarou que “a demanda por biogás na região do Oeste Paulista tem aumentado significativamente nos últimos anos e, como produzir energia limpa e renovável é uma das frentes do negócio da empresa, identificamos uma tecnologia capaz de garantir a produção desse gás por doze meses, e não apenas no período de safra”.

 

Cidades Sustentáveis

 A região do Vale do Paranapanema, onde ficam os dois municípios do projeto, não conta com rede de distribuição de gás por estar distante do gasoduto Bolívia-Brasil. O projeto “Cidades Sustentáveis” viabilizará a chegada do biogás por meio da nova fonte de suprimento renovável. O modelo poderá ser replicado e contribuir para o desenvolvimento do Oeste paulista, que concentra a maior quantidade de usinas sucroalcooleiras no Estado.

“A Arsesp [Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo], atenta a este potencial energético, elaborou em 2017 a Deliberação nº 744, que regulamenta de forma inédita no Brasil as condições de distribuição de biometano na rede de gás canalizado do Estado. Esta normativa estabelece as regras para que o biometano fornecido pelos produtores possa ser inserido na rede pública de gás canalizado”, disse o Diretor-Presidente da agência, Hélio Castro.

 

O biometano é considerado pelo mercado uma alternativa econômica e ambientalmente viável para incrementar e diversificar a matriz energética nacional.

 

publicidade
publicidade

Últimas Notícias

MPF denuncia Glenn e mais 6 por invasão de celulares de autoridades

O grupo ainda deve ser alvo de outra denúncia pelo crime de fraude bancária, que ainda segue em investigação, de acordo com o MPF.

Tihany Spectacular realiza sessões beneficentes todas as sextas-feiras

Entidades filantrópicas e ONGs podem assistir espetáculo gratuitamente; circo oferece ainda desconto de até 50% no ingresso com doação de livro em bom estado

Sertãozinho passa a contar com soro antiescorpiônico

Antídoto está disponível na UPA do município e será utilizado em acidentes graves e/ou moderados de picadas de escorpião

Alma abre agenda de audições para o primeiro semestre de 2020 Os cursos são...

A Academia Livre de Música e Artes (Alma) está com vagas abertas

Chef Alejandro Blanco, de Ribeirão Preto, disputa o “Oscar” da gastronomia brasileira

O coordenador do Espaço Gourmet do RibeirãoShopping e chef do Café Du Chef é um dos representantes do Estado de São Paulo no Prêmio Nacional Dólmã de 2020

Oportunidade: 20 mil vagas para cursos rápidos e gratuitos do programa Via Rápida Virtual

Visando qualificação profissional, as aulas são ofertadas na modalidade de Ensino à Distância (EAD) em áreas de gestão e tecnologia de informação

Museu Casa de Portinari convida crianças para se divertirem em oficinas temáticas gratuitas

Férias no Museu ainda traz brincadeiras e jogos; programação segue até dia 31

Simule em quais cursos você pode conseguir uma vaga pelo SiSu

Ribeirão Preto e cidades da região oferecem mais de 2900 vagas pelo SiSu. Veja como simular as suas chances para uma das vagas.

Novas placas de veículos serão obrigatórias a partir de 31 de janeiro

A nova placa será obrigatória apenas nos casos de primeiro emplacamento

Estudantes podem se inscrever no Sisu a partir desta terça-feira

Além de participar do Sisu, os estudantes podem usar as notas do Enem para concorrer a bolsas de estudo pelo Programa Universidade para Todos (ProUni).
- PUBLICIDADE -