InícioEspeciaisAgrishowACIRP firma acordo de cooperação câmara de comércio e indústria turca durante...

ACIRP firma acordo de cooperação câmara de comércio e indústria turca durante Agrishow

- continua após a publicidade -

A Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto e a Câmara de Comércio e Indústria de Antália, na Turquia firmaram durante a Agrishow 2017 um acordo de cooperação visando incentivar, promover e facilitar a cooperação entre as duas cidades nas áreas de comércio exterior, investimentos, transferência de tecnologia e atividades econômicas e comerciais relacionadas às empresas .

“Iremos trabalhar para que essas assinatura não fique apenas como intenção mas que possa se tornar realidade que beneficie as empresas e gere riqueza para as cidades”, afirmou o presidente da ACIRP, Dorival Balbino.

Para Ömer Dinç, do comitê executivo da Câmara de Antália, os países e as cidades têm características em comum, como clima e perfil econômico, que facilitam a troca de experiências e as relações comerciais.

O documento é composto por 11 itens incluei iniciativas que vão da promoção de encontros entre delegações das duas entidades até a troca de experiência técnica e profissional, inclusive sobre legislação e regulação de comércio internacional de cada país.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -