InícioEducaçãoProfessor de Ribeirão Preto apresenta pesquisa em congresso na República Tcheca

Professor de Ribeirão Preto apresenta pesquisa em congresso na República Tcheca

Ricardo Barbieri, coordenador do curso de educação física da Estácio, apresentou pesquisa sobre a criação de um teste para avaliação aeróbia para pacientes com Parkinson

- continua após a publicidade -

O professor e coordenador do curso de Educação Física do Centro Universitário Estácio de Ribeirão Preto, Ricardo Barbieri, esteve durante a primeira semana de julho em Praga, na República Tcheca, onde participou do 24th Annual Congress of the European College of Sport Science – 2019. O evento é o maior de ciências do esporte na Europa e um dos maiores do mundo e contou com a presença dos melhores pesquisadores da área.

Na ocasião, Barbieri apresentou sua pesquisa intitulada “Teste de Frequência Cardíaca Crítica para pacientes com Parkinson: aplicando o modelo de potência crítica para a doença de Parkinson”.

O objetivo do estudo foi propor um protocolo para determinar a frequência cardíaca crítica para a prescrição do exercício aeróbio para pacientes com Parkinson. O trabalho foi desenvolvido em parceria com o laboratório Movi-Lab e o programa Ativa Parkinson da UNESP de Bauru.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -