Início Educação Matrículas para aprovados na Univesp começam nesta segunda-feira

Matrículas para aprovados na Univesp começam nesta segunda-feira

- continua após a publicidade -

Começam nesta segunda-feira (27) as matrículas dos aprovados na primeira chamada do vestibular da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp). A convocação foi publicada na última segunda-feira (20), e está disponível no portal www.vestibular.univesp.br. O período vai até a próxima quarta-feira (29), das 13h às 21h.
Em Ribeirão Preto, a matrícula deverá ser feita na Fundação de Formação Tecnológica, localizada na rua Álvares Cabral, 629 – Centro. A relação completa dos documentos necessários está no Manual do Candidato www.vestibular.univesp.br/arquivos/Manual2020-1_ver1.pdf (página 39).

Ao todo, 305 municípios irão oferecer, gratuitamente, três cursos de licenciatura em Letras, Matemática e Pedagogia, além de três voltados ao eixo de Computação: Bacharelado em Tecnologia da Informação (BTI), bacharelado em Ciência de Dados e Engenharia de Computação.
Devido ao convênio assinado entre a Prefeitura e a Univesp, Ribeirão Preto será uma das cidades polo que irão transmitir os conteúdos, e contará com 100 vagas de licenciatura e 100 de computação.
UnivespAo todo, 305 municípios irão oferecer, gratuitamente, três cursos de licenciatura em Letras, Matemática e Pedagogia, além de três voltados ao eixo de Computação: Bacharelado em Tecnologia da Informação (BTI), bacharelado em Ciência de Dados e Engenharia de Computação.
Devido ao convênio assinado entre a Prefeitura e a Univesp, Ribeirão Preto será uma das cidades polo que irão transmitir os conteúdos, e contará com 100 vagas de licenciatura e 100 de computação.

Os alunos do eixo de Computação poderão se formar, em três anos, como bacharéis de Tecnologia da Informação. Se continuarem por mais um ano, se tornarão cientistas de dados e, caso optem por prosseguir por mais dois, se formam engenheiros. Já os ingressantes nas Licenciaturas cursarão um ano de ciclo básico, com opção de habilitação a partir do 2º ano em Letras, Matemática e Pedagogia.

Cursos
Os cursos, totalmente gratuitos, são realizados em Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), plataforma on-line na qual os estudantes desenvolvem atividades acadêmicas, que incluem assistir a videoaulas, acessar material didático, bibliotecas digitais e tirar dúvidas do conteúdo com tutores e facilitadores.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Já os polos são espaços físicos onde os alunos contam com infraestrutura (computadores, impressoras e acesso à internet) e realizam atividades como provas e discussões em grupo. No local, também podem ser solicitados serviços de secretaria acadêmica e o esclarecimento de dúvidas. Por ser uma universidade pública, todas as videoaulas também podem ser acessadas pelo canal.

Em Ribeirão Preto, o polo será na Fundação de Formação Tecnológica, localizada na rua Álvares Cabral, 629 – Centro.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Abertura de escolas e contratação de professores movimentam rede municipal

Até o final do ano, mais 11 unidades escolares serão entregues para a população; R$ 40 milhões foram investidos em 15 novas escolas

Agendamento de vacina contra Covid em idosos com 65 e 66 anos será aberto nesta terça-feira, dia 20

Serão disponibilizadas 11.160 vagas; vacinação acontecerá na quinta e sexta-feira, nos dias 22 e 23 de abril

Botafogo empata com o Palmeiras no Santa Cruz

Com o resultado, o Tricolor completou o terceiro jogo de invencibilidade e agora soma seis pontos. Assim, o Pantera ocupa a 12ª colocação

Parede falsa escondia respiradores novos em hospital dizem funcionários

Em Ribeirão Preto menos de 1% do dinheiro enviado pelo gov. Federal foi usado, estados com respiradores comprados em adega, e proibição do tratamento precoce. A morte é um grande negocio.

Com R$ 166 milhões em caixa, prefeitura gastou 0,65% com medicamentos para Covid

Quebrar o pequeno comerciante e fazer obras faraônicas, é a marca deste prefeito que se mostra um capacho do governo de SP
- PUBLICIDADE -